Rio 50º
LOGIN

Olá, visitante

ÚLTIMO NOTAC

R50-NOTAC 2018-02 Fique por dentro das atividades do R50

 

TOP 3 DO RANKING

Melhores Desempenhos nos últimos 6 meses:

NA
Diego Andrade
CID: (1434193)
Desempenho Médio: 17.57

NA
Alan Zeidan
CID: (824939)
Desempenho Médio: 13.90

NA
Nathan Broetto
CID: (1248698)
Desempenho Médio: 13.43

DESTAQUES DO MÊS

Melhores Resultados

Agendamentos Cumpridos
Luciano Monteiro (897211): 6

Serviços
Alan Zeidan (824939): 7

Tempo de Controle
Alan Zeidan (824939): 35.37 h

Tráfegos movimentados
Alan Zeidan (824939): 142


Marcos Conquistados

Antonio Junior (1347956)
500 tráfegos movimentados

Nathan Broetto (1248698)
500 horas de controle

Gabriel Conrado (1159241)
10 serviços cumpridos

PROJETO RIO 50º

Evento   22/07/2020 - por Alan Zeidan

Bridge to South America - Debriefing

Amazing! Eis aí uma boa palavra para descrever o que foi o evento Bridge to South America.

No último sábado, dia 18/07/2020, controladores integrantes do Projeto Rio 50º mantiveram a "Terminal da Capital Mundial da Caipirinha" guarnecida por 5 horas ininterruptas em prol do evento internacional. Por ser o destino definido, Galeão foi aquinhoado com uma pilha ATC, com Torre e Solo. Todavia, Santos Dumont não poderia ser deixado de lado, uma vez que, pela experiência em eventos anteriores, sempre recebe muitas visitas ainda que não seja o foco.

Ao todo, 82 tráfegos visitaram a TMA Carioca, um fluxo médio de mais de 16 tráfegos por hora, valor expressivo quando comparado a estatísticas recentes. Algumas curiosidades: 

  • 42 voos foram conduzidos por comandantes estrangeiros, representando 52% do movimento;
  • 41 voos internacionais, sendo 35 chegadas e 6 partidas; 
  • Apenas 26 efetivamente cumpriram uma das duas rotas estabelecidas para o evento, 16 provenientes de Lisboa e 10 de Madri, compondo 31% do total de tráfegos controlados.
  • Tráfegos por aeródromo:
    • SBGL: 61 (45 pousos e 16 decolagens); e
    • SBRJ: 21 (15 pousos e 6 decolagens).


Tráfegos que participaram do evento (faltou o TAM9TF, que já havia pousado)
(Clique na imagem para ampliar)

Com foco nos que efetivamente voaram pelo evento, os trabalhos dos controladores começaram bem antes, com os colaboradores da VATSIM Brasil guarnecendo os Centros Atlântico, Recife e Curitiba desde a entrada do primeiro tráfego no espaço aéreo brasileiro. Embora representando um percentual relativamente modesto do movimento observado na TMA-RJ, os 26 tráfegos vieram em um grande bloco, demandando intenso trabalho dos Centros para prover a devida separação, a ponto de setorizar o Centro Recife para atender adequadamente tanto eles quanto os demais voos dentro daquela FIR.


Full ATC do Atlântico até o Galeão
(Clique na imagem para ampliar)

No Rio, o início do guarnecimento foi ajustado conforme a evolução dos tráfegos que participavam do evento, otimizando ao máximo a permanência dos controladores online e, consequentemente, evitando a fadiga que poderia advir caso se conectassem com muita antecedência. Experiências em eventos anteriores que envolviam voos de longa duração mostraram a importância desta consideração. Às 15h, a "pilha Galeão" estava composta. A Torre Rio, em Santos Dumont, foi aberta a partir de 15h38.

APP Rio e o "Arco DME" na Terminal

O desafio começou justamente às 15h local, com o Centro Curitiba alertando que iriam chegar tráfegos de diversos setores. Assim, começou efetivamente o "Bridge to South America" na "Terminal do Samba". Aeronaves chegando de Lisboa e Madri ao norte, do tubulão por São Paulo, do Sul do Brasil pelo mar e ainda de Minas Gerais. 


Cada linha tracejada é um tráfego para SBGL... fora os de SBRJ
(Clique na imagem para ampliar)

Com isso, foi necessário cancelar as chegadas padronizadas e iniciar um tipo de "arco", como o famoso arco DME, só que numa distância de 50 milhas do Galeão, destino final da maior parte do tráfego. Enquanto isso, ainda havia pilotos decolando do "Pioneiro" SBRJ, alguns desafiando-se para pousar no famoso procedimento NDB B da pista 20L. 

Todo o fluxo foi devidamente organizado e o pátio da "Casa do Maestro" SBGL foi ficando cada vez mais congestionado. Não faltou emoção com algumas arremetidas na final da pista 15, necessitando encontrar um espaço no arco de aproximação improvisado para encaixar as aeronaves para uma segunda tentativa. 

Cabe destacar que a ação do Centro Curitiba foi fundamental, orientando as aeronaves que estavam com planos diversos e também separando os tráfegos em tempo para não causar  abalroamentos na Terminal Rio!

A "Casa do Maestro" e a hora do rush

Uma rara oportunidade de se aproximar da realidade! A "Casa do Maestro" foi literalmente invadida! Por cerca de 3 horas, o pátio permaneceu com mais de uma dezena de aeronaves. No auge, foram 18 aviões, distribuídos principalmente pelos Pátios 1, 2, 3 (dedicado aos "wide-bodieds") e 5 (especializado em cargas).


Pátios da "Casa do Maestro" cheios de vida
(Clique na imagem para ampliar)

Enquanto o APP Rio fazia um primoroso trabalho de sequenciamento, permitindo pousos a cada 3 minutos, o que garantiu a fluidez e a liberação da pista de forma sincronizada, a Torre Galeão gerenciou com precisão os pousos e decolagens, com direito a intercalar pelo menos duas partidas dentre as aparentemente inesgotáveis chegadas. Em várias ocasiões, gerenciou quatro tráfegos no pouso, sendo um tocando o solo e os outros três na final, aguardando ouvir "runway vacated, cleared to land". Com as elevadas performance e agilidade dos comandantes, todos os tráfegos foram atendidos de forma segura, sem nenhum incidente!


Tráfegos sequenciados na final da pista 15 do Galeão
(Clique na imagem para ampliar)

Outro ponto fundamental foi a assessoria nos pátios de manobras, provida pelo Solo Galeão, que parecia mais um engenheiro de tráfego, orientando, com presteza, o movimento em solo e liberando as taxiways de acesso à pista de pouso o mais depressa possível. Sem seu apoio, as saídas da pista poderiam ficar bloqueadas, em face da grande quantidade de aviões em deslocamento terrestre, o que comprometeria todo o trabalho de aproximação e pouso em alto ritmo, que marcou todo o evento! 


Panorâmica do Galeão. As 17 tags amarelas sinalizam tráfegos online
(Clique na imagem para ampliar)

O "Pioneiro" e a coadjuvância de peso

Mesmo não sendo "a menina dos olhos", o Santos Dumont não decepcionou, alías como sempre... 21 movimentos, ainda que estivesse fora do "olho do furacão", não são para qualquer um! Na verdade, o "Pioneiro" exerce um fascínio, simbolizado pelo pouso que é desafiador. Na verdade, é como "pousar em um porta-aviões", o que justifica a relação de mais de dois pousos para cada decolagem.


Um breve momento do "Pioneiro" SBRJ, com 5 tráfegos
(Clique na imagem para ampliar)

Enfim, o SDU é um personagem de respeito e nunca deve ser desprezado! Basta ver a manifestação do APP Rio, após o evento, sobre a demanda daquele aparentemente inofensivo aeroporto enquanto a Torre Rio ainda não estava guarnecida:

Sei que me sugou ficar sem Torre Rio, mesmo por pouco tempo! A Terminal estava fervendo para o Galeão e tive a demanda extra de cuidar de pousos e decolagens no Santos Dumont... Além das autorizações dos planos de voo...
SBWJ_APP - Nathan Broetto

Palavras Finais

O nível de dificuldade do Bridge to South America foi acima da média e o sucesso da gestão do grande volume de tráfego mostrou mais uma vez o elevado nível de entrosamento e de coordenação entre os controladores do Projeto, que conseguem praticamente acomodar "um elefante num dedal", bem como entre eles e os controladores que usualmente guarnecem o Centro Curitiba e o APP São Paulo, posições que alimentam a TMA-RJ e dela recebem voos que partem da "Terminal Fluminense".

Encerrando mais este debriefing, registra-se, com grande satisfação, a participação bem sucedida do Projeto Rio 50º em mais um evento, desta feita de magnitude internacional, que proporcionou horas de alegria e diversão. Como sempre, seguem algumas menções àqueles que se destacaram...

Às Divisões Brasil, Portugal, Espanha, Colômbia, um muito obrigado pelo tempo despendido na organização do Bridge to South America. Eventos deste porte envolvem muita preparação, divulgação e coordenação administrativa para dar certo.

Um agradecimento especial à Equipe VATSIM Brasil, não apenas pela continuada deferência ao convidar novamente o Projeto para participar, como também pelo belo trabalho ao guarnecer três Centros adjacentes, um deles setorizado, o que proporcionou aos comandantes full ATC desde que adentraram à jurisdição aérea do Brasil, ainda no meio do oceano Atlântico.

Aos controladores partícipes do Projeto e que mantiveram a "Terminal da Cidade Maravilhosa" online, mais um reconhecimento da Equipe Rio 50º pelo espírito aguerrido na administração efetiva do movimento dentro da TMA-RJ.

Agradecimentos especiais ao Nathan Broetto e ao Antonio Junior, controladores da casa, pela participação e pelas colaborações para que este debriefing pudesse se concretizar.

Finalmente, os parabéns ao bravos comandantes, cujos desempenhos foram essenciais à precisão suíça do fluxo de tráfego!

O Projeto Rio 50º fica por aqui, na expectativa das próximas realizações que envolvam a Terminal Rio de Janeiro...


Evento   16/07/2020 - por Alan Zeidan

Sudeste Overload - Debriefing

Trabalho em equipe e muita disposição!

Foi assim que os controladores do Projeto Rio 50º contribuíram para o evento Sudeste Overload, ocorrido no sábado, dia 11/07/2020, e organizado pela FLYGOLv, em parceria com a VATSIM Brasil.

O evento consistiu-se em voos para as quatro capitais da Região Sudeste, operando nos aeroportos de Guarulhos, Galeão, Vitória e Confins. Por serem aeródromos de operação livre, todos os pilotos da FLYGOLv estavam liberados para a jornada. E não decepcionaram: Dos 70 tráfegos que visitaram a TMA Carioca durante as quatro horas de evento, 31 foram da FLYGOLv, representando 44% do movimento!

A Cobertura ATC

Para o Sudeste Overload, a TMA-RJ foi setorizada conforme as orientações do Manual de Setorização, elaborado pelo Projeto, a fim de estar preparada para receber uma grande quantidade de tráfegos, previstos ou não. De fato, a movimentação foi intensa, tendo o Galeão como principal foco. No início, a Equipe Rio 50º estava pronta nas posições de Controle, Aproximação, Torre e Solo, tanto no Galeão quanto no Santos Dumont.

Um dos pontos mais expressivos foi o nível de ocupação ATC. Durante um bom tempo, o espaço aéreo sobre o território brasileiro permaneceu com cobertura total!


Cobertura ATC no Brasil
(Clique na imagem para ampliar)

No auge do guarnecimento, o Brasil contava com 21 controladores, quase 17% do total online na VATSIM mundial! Quatro CTR, seis APP (sendo 2 no Rio), cinco TWR, quatro GND e dois DEL. O Projeto guarnecia seis posições na TMA-RJ, mais de 28% do plantel brasileiro e quase 5% em relação à força online no mundo todo! 


21 controladores brasileiros online
(Clique na imagem para ampliar)

Highlights

Os APP tiveram uma vida nada fácil! Para uma melhor organização do tráfego e agilização segura do fluxo, foram fundamentais as intervenções do Controle Rio (SBWJ_APP), atuando como "alimentador" da Aproximação Rio (SBWJ_F_APP). Separadas verticalmente em diferentes níveis, as aeronaves cumpriam uma breve espera antes de prosseguir para a aproximação por instrumentos para a pista 15 do Galeão. Em seu momento de pico, os APP tiveram de gerenciar 11 tráfegos simultâneos em apenas uma hora! 


A agitação no APP em seu pico de movimento
(Clique na imagem para ampliar)

A “Casa do Maestro” Galeão operou ao todo 52 tráfegos, sendo 29 pousos e 23 decolagens. A habilidade da pilha de controladores permitiu que o turn around fosse rápido e, num período em torno de 20 minutos, as aeronaves já estavam prontas para a segunda etapa, rumo a Vitória! 


Movimento em solo na "Casa do Maestro" SBGL
(Clique na imagem para ampliar)

Foi bonito ver o profissionalismo dos pilotos ao se planejarem para possíveis atrasos e imprevistos. Mesmo com o movimento intenso em solo, a interação entre comandantes e controladores não apenas permitiu operações rápidas e precisas mas também propiciou a separação e o sequenciamento com outros tráfegos durante um evento de considerável magnitude como o Sudeste Overload, em especial com aeronaves de pequeno porte em VFR, demonstrando a importância de manter posições ATCs ativas sempre que possível.

A perspectiva da FLYGOLv

Para este debriefing, o Projeto teve a grata satisfação de receber a manifestação da FLYGOLv e depoimentos de alguns de seus comandantes:

"Em nossa visão, foi um verdadeiro sucesso, pois tivemos, além de uma grande demanda de tráfegos, serviços ATC de extrema qualidade". Nossos pilotos tiveram a oportunidade de voar em algumas das rotas mais clássicas e movimentadas da região Sudeste e puderam desfrutar de uma grande cobertura de controladores na TMA Rio de Janeiro com profissionalismo, seriedade, qualidade e determinação em fazer com que a imersão dos envolvidos no evento fosse a mais real possível."
FLYGOLv

"Foi sensacional. Na minha opinião, muito bem organizado. Os ATCs com profissionalismo. Em relação ao Rio de Janeiro, foi top d +. Evento show de bola."
GLO2444 – Ronaldo Santos

"Foi excelente. Acredito que trazer eventos como este faz uma "quebra" de rotina, ainda mais em tempos de pandemia como essa que estamos vivendo. A organização e o profissionalismo foram nota 10. A equipe FLYGOLv junto com os demais organizadores e apoiadores estão de parabéns e aguardo ansiosamente pelo próximo!"
GLO2402 – Pedro Henrique

"Foi show... Fiz umas 3 esperas no Galeão kkkk"
GLO2282 – Rodrigo Luna

Palavras Finais

Com muita alegria, o Projeto Rio 50º conclui sua participação em mais um expressivo evento. Muitas foram as horas de controle e, como de costume, exigiu muita dedicação, técnica, paciência e equilíbrio emocional. E todos, comandantes e controladores, estão de parabéns pelas performances.

À FLYGOLv, ficam registradas as felicitações por mais um evento de qualidade! Seus pilotos deram um brilho todo especial! Continuem assim e contem com o Projeto para as próximas oportunidades.

À Equipe VATSIM Brasil, mais uma vez, um muito obrigado pela confiança depositada no Projeto e os parabéns pela excelência no apoio, na divulgação e na participação, provendo  guarnecimento de diversas posições ATC que culminou na impressionante cobertura sobre todo o nosso imenso País.

Aos controladores que disponibilizaram a "Terminal da Cidade Maravilhosa" em prol do evento, o reconhecimento da Equipe Rio 50º pela incansável presença e pela gestão consistente, garantindo fluidez e segurança do movimento na TMA.

Agradecimentos especiais ao Gabriel Conrado, ao Rafael Bianchini e ao Antonio Junior, controladores da casa, pela participação e pelas contribuições para a montagem deste debriefing.

Vida longa à FLYGOLv! Que bons ventos sempre soprem a favor de seu sucesso!


Evento   12/07/2020 - por Alan Zeidan

Bridge to South America - 18/07/2020

As Divisões Brasil, Colômbia, Portugal e Espanha conduzirão o evento internacional Bridge to South America e o Projeto Rio 50º foi novamente prestigiado com um convite para guarnecer a nossa "Terminal da Capital Mundial da Caipirinha".

Basicamente, os tráfegos partirão de Lisboa (LPPT) ou Madri (LEMD), cruzarão o oceano Atlântico e pousarão na nossa Casa do Maestro, o Galeão (SBGL), ou no Aeroporto Internacional El Dorado (SKBO), em Bogotá, capital colombiana.

O evento ocorrerá no próximo sábado, dia 18/07/2020, com início marcado para 07h Horário Oficial de Brasília (1000Z) e término previsto para 22h (2000Z).

Nas rotas para o Galeão, estimam-se cerca de oito a dez horas de voo, dependendo dos ventos ao longo do percurso. Adicionalmente, tendo em vista as experências em eventos anteriores desta natureza, onde as estimativas de voos de longa distância apresentaram baixa confiabilidade, é fundamental antecipar um pouco o guarnecimento para garantir que os comandantes partícipes sejam devidamente atendidos.

Assim, a abertura das posições ATC no âmbito da TMA-RJ está programada, a princípio, para 14h Horário de Brasília (1700Z), podendo ser reajustada conforme a evolução dos tráfegos em voo no dia do evento. A TMA carioca permanecerá online até o pouso do último tráfego. Ninguém ficará para trás até o limite da duração prevista (2200Z).

Mais uma vez, o Projeto Rio 50º saúda os organizadores do Bridge to South America, com votos de muito sucesso na condução da revoada.


Evento   05/07/2020 - por Alan Zeidan

Sudeste Overload - 11/07/2020

No próximo sábado, dia 11/07/2020, a Gol Virtual Airline (FLYGOLv), em parceria com a VATSIM Brasil, realizará mais um evento, o Sudeste Overload, para o qual o Projeto Rio 50º mais uma vez foi convidado para oferecer Serviço de Controle de Tráfego Aéreo na jurisdição da TMA-RJ.

O evento começará em Guarulhos (SBGR), na capital paulista, visitará nosso Galeão (SBGL), primeira escala, e, em seguida, rumará para a sede capixaba Vitória (SBVT), encerrando em Confins (SBCF), na capital mineira.

O início do Sudeste Overload está marcado para 17h, Horário Oficial de Brasília (2000Z), com duração estimada de 4 horas.

A Grade de Guarnecimentos do Projeto já está em confecção, para cobrir as posições ATC relevantes dentro da "Terminal da Capital mundial do Samba", em proveito ao evento.

Aos organizadores do Sudeste Overload, muito sucesso na empreitada.


Notícia   16/06/2020 - por Nathan Broetto

5 anos de existência!

No dia 15 de junho, nosso Projeto Rio 50º completou 5 anos de existência.

Relembrando suas origens, o Rio 50º é fruto do amadurecimento de uma iniciativa de 2014, então carinhosamente alcunhada de "Projeto Rio 450!", em homenagem ao aniversário da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro (conhecida popularmente apenas como Cidade do Rio de Janeiro), sede da "Terminal da Capital Mundial do Samba", terra da "Casa do Maestro", o Galeão, e do "Pioneiro", o Santos Dumont.

O Projeto ganhou força e se consolidou nos meados de 2015 e o nostálgico número 450 já não era mais temático... Como evolução, veio a criação do nome Projeto Rio 50º, para demonstrar o calor da "Cidade Maravilhosa" e como a tela radar poderia ficar "aquecida" com diversas aeronaves chegando e decolando sob serviços de excelência graças ao esforço em conjunto dos abnegados controladores partícipes do Projeto.

A comemoração do aniversário do Projeto Rio 50º é sustentada pelo trabalho e dedicação dos integrantes do Rio 50º e principalmente da participação massiva dos pilotos da VATSIM, que permitiram esta marca ser alcançada. Tudo está acessível aos visitantes do site, como, por exemplo, dados dos controladores ativos, grade semanal de agendamentos, notícias quentinhas sobre eventos e novidades da "Terminal do Rendentor", além de um vasto acervo de documentos de suporte para os controladores que se dedicam à Terminal.

Agora, em 2020, o número 5 está em voga. Completamos 5 Anos consolidados de controle de qualidade na VATSIM Brasil, 5 mil tráfegos movimentados desde a elaboração do novo site, 5 Novos Controladores ativos nos últimos 5 meses, além do próprio nome trazer o 5 de cinquenta na frente, mostrando a harmonia que centraliza e convida controladores e pilotos a estarem juntos todas as noites com um serviço ATC de qualidade e animado.

Parabéns, RIO 50º! Muitos anos de vida!


Evento   14/06/2020 - por Alan Zeidan

Revoada de Aniversário da Gold - Debriefing

Mais um evento muito divertido!

No último sábado, dia 13/06/2020, a TMA-RJ foi aquinhoada com uma movimentada revoada promovida pela Gold Virtual Airlines em comemoração de seu aniversário.

O evento envolveu o nosso já agitado "Tubulão", com voos IFR entre o "Pioneiro" Santos Dumont e Congonhas bem como voos VFR entre a Base Aérea de Santa Cruz e o Campo de Marte.

O início estava marcado para 17h, Horário de Brasília, (2000Z), mas começou efetivamente mais cedo, com alguns tráfegos adentrando à "Terminal da Cidade Maravilhosa" em torno de 16h30, provavelmente para se posicionarem para o que estava por vir. Era o prenúncio de uma grande tarde para pilotos e controladores...

Ao todo, a TMA-RJ permaneceu online por cinco horas, duas a mais do que o previsto, tendo sido visitada por 71 tráfegos. Uma média de 14,2 tráfegos por hora. Contudo, a média não reflete a realidade. Enquanto a média remete a um fluxo constante, o fato é que o movimento é composto de picos de cerca de meia hora entremeados por horas de movimento ritmado. 


Movimento pré-evento
(Clique na imagem para ampliar)

O primeiro pico ocorreu em torno de 18h (2100Z), com 11 tráfegos simultâneos, o que não trouxe maiores consequências por se tratar de um movimento geral de saída da Terminal. A vaga relevante ocorreu por volta de 19h30 (2230Z), onde o APP geria 11 tráfegos, a maior parte deles chegando, tendo sido necessário vetorar alguns para SBRJ, aumentando a tensão.  


A vaga principal: 11 tráfegos, 7 deles chegando, sendo 5 para SBRJ
(Clique na imagem para ampliar)

Como normalmente ocorre em eventos desta natureza, algumas curiosidades foram marcantes. Primeiro, a dificuldade de comunicação entre o APP RIO e os tráfegos partindo de Santa Cruz, o que foi contornado pela abertura do "Controle Santa Cruz" SBSC_M_APP, providencial para garantir maior imersão na simulação para os comandantes que optaram pela rota VFR. Segundo, constantes perdas de conexão de vários tráfegos, o que gerou um "tempero" a mais no gerenciamento de saídas, chegadas e aproximações, haja vista que, nas reconexões, os registros dos procedimentos autorizados eram literalmente apagados. Terceiro, a impossibilidade de enviar COPX para o Controle São Paulo, decorrente de uma falha de configuração que está sendo corrigida pela Equipe VATBRZ. Como são muitos arquivos, a correção demora um pouco.
Por fim, o pouso inusitado de um Antonov 24 em Santos Dumont, com direito a arremetida e vetoração para aproximação visual. Após o pouso, o Comandante admitiu que o pouso foi um verdadeiro desafio, que poderia ter sido muito mais crítico se a pista em uso fosse a 02R!

No Galeão...

Embora não fazendo parte das rotas definidas para o evento, a "Casa do Maestro" SBGL apresentou um movimento interessante, com 17 tráfegos. Devido ao vento favorável para manter a pista 15 ativa para pousos, pista esta que oferece as melhores condições, sem interferências com SBRJ e dotada de ILS, não houve nenhum incidente nos pousos e decolagens, o que permitiu ao APP RIO concentrar-se na solução de conflitos para seu aeródromo irmão, o Santos Dumont. Merece menção o fluxo de partida ocorrido entre 19h e 19h20, com 5 aeronaves devidamente separadas seguindo para Salvador.


Fluxo para Salvador partindo da "Casa do Maestro"
(Clique na imagem para ampliar)

No Santos Dumont...

O centro da festa! Tendo operado 43 tráfegos, o nosso querido "Pioneiro" concentrou mais de 60% do movimento! Os 19 pousos exigiram iniciativa e flexibilidade do APP RIO para sequenciá-los e separá-los adequadamente. Somando-se às 24 decolagens, nota-se o excelente desempenho da "pilha" SBRJ, com o Solo Rio agilizando as aprovações de planos de voo e os movimentos nos pátios de manobras e a Torre Rio gerenciando a intercalação entre pousos e decolagens e a separação entre partidas, num admirável sincronismo, facilitando em muito o trabalho do APP RIO para garantir a separação dos tráfegos que seguiam para Sampa.


O "Pioneiro" com 14 tráfegos no solo
(Clique na imagem para ampliar)

Foram poucas as aproximações perdidas, mas que exigiram boa coordenação entre as Torres Rio e Galeão e APP RIO e uma verdadeira ginástica para encaixá-los entre os tráfegos em procedimentos padronizados. Merece destaque a arremetida e nova aproximação vetorada do Antonov 24, que exigiu interromper as operações de partida da pista 10 do Galeão, gerando um espaço maior para a manobra.

Um novo personagem: o Controle Santa Cruz

Pela primeira vez, o Projeto Rio 50º teve a oportunidade de interagir com um novo personagem: o Controle Santa Cruz (SBSC_M_APP). Aliás, sua presença teve um efeito muito importante, seja pelas 9 aeronaves que de lá partiram seja pela impossibilidade de comunicação por voz entre elas e o APP RIO no início do evento. Neste ponto, o Projeto Rio 50º agradece penhoradamente o voluntarismo e a participação do controlador Jose Gentile, que se ofereceu para apoiar onde fosse necessário e guarneceu o APP Santa Cruz sem nunca ter controlado aquela posição, gerenciando com  maestria as partidas e coordenando intensamente com o APP Rio, com handoffs precisos nas imediações da posição MANGA, REA Hotel, agilizando e provendo segurança para todos os tráfegos que saíram de SBSC.


O pátio de Santa Cruz quando Jose Gentile guarneceu SBSC_M_APP
(Clique na imagem para ampliar)

Os controladores...

Mais uma vez, um show de controle! No ápice do evento, dos 97 controladores online, 12 eram da Divisão Brasil. Em outras palavras, 12% da força de trabalho no controle era brasileira. Com 6 controladores, a região do Rio, incluindo Santa Cruz, contribuía com 6% no total mundial. Nada mal!


Os Controladores no Brasil durante o evento
(Clique na imagem para ampliar)

Embora não tenha funcionado nas interações com São Paulo, o COPX novamente otimizou a coordenação entre as posições dentro da TMA-RJ. Entretanto, esta deficiência não comprometeu as transferências com a "Terminal da Garoa", onde o APP foi dividido para atender separadamente tráfegos IFR de VFR.

Enfim, o esforço ATC compreendeu o Centro Curitiba, 3 Terminais e as "pilhas" de SBRJ, SBSP, SBGL e a SBMT_TWR, tudo dentro do "Tubulão".


Posições ATC no "Tubulão"
(Clique na imagem para ampliar)

Palavras Finais 

E assim foi o evento comemorativo do aniversário da Gold Virtual Airlines, com direito a muito agito e muita diversão sem descuidar do profissionalismo e da seriedade na simulação. Pilotos e controladores estão de parabéns pelos seus desempenhos.

À Gold Virtual Airlines, os parabéns do Projeto Rio 50º pelo transcurso da data, com ensejo de continuado sucesso. Longa vida à Gold!

À Equipe VATSIM Brasil, os parabéns pela agilidade no apoio, provendo o guarnecimento do Centro Curitiba, do APP São Paulo, que consumiu dois controladores, um para tráfegos visuais outro para os IFR, e de Congonhas e Campo de Marte. A flexibilidade na gestão da setorização, ativando a "Aproximação São Paulo" (SBXP_F_APP) nos momentos de maior intensidade foi incrível.

Ao amigo José Gentile, o muito obrigado de todos os controladores do Rio 50º pela inestimável ajuda no atendimento ao "hub" Santa Cruz. Seu apoio foi decisivo para o sucesso do evento!

À turma da "pilha" SBRJ, o reconhecimento da Equipe Rio 50º pelo desempenho impecável na gestão do "Pioneiro", ponto focal do evento, garantindo a fluidez do movimento sem descuidar da segurança.

Aos controladores que mantiveram a "Casa do Maestro" guarnecida permanentemente mesmo sem fazer parte das rotas da revoada, nosso muito obrigado pela colaboração, sendo um exemplo a ser seguido por todos no que tange ao compromisso com o Projeto.

Um agradecimento especial ao controlador da casa, Antonio Junior, pela tenacidade na gestão da Torre Rio e pelas contribuições para a elaboração deste debriefing.

E finalmente, uma menção aos comandantes! Parabéns pela performance e muito obrigado pela participação expressiva! A presença de vocês é o combustível que nos impele a prosseguir na arte de controlar, provendo serviço ATC de qualidade quase todas as noites.

E que venha a celebração do próximo aniversário da Gold no ano que vem!


Evento   10/06/2020 - por Alan Zeidan

Revoada de Aniversário da Gold - 13/06/2020

No próximo sábado, dia 13/06/2020, a Gold Virtual Airlines, conduzirá uma nova revoada, desta vez para marcar seu aniversário bem como para homenagear o dia internacional do doador de sangue. Dentro do contexto de apoio, no que tange ao controle de tráfego aéreo, em proveito do evento, a VATSIM Brasil convidou o Projeto Rio 50º para guarnecer a TMA-RJ.

O evento será composto por voos IFR entre Congonhas (SBSP) e o nosso "Pioneiro" Santos Dumont (SBRJ) e voos VFR entre a Base Aérea de Santa Cruz (SBSC) e Campo de Marte (SBMT). Embora Santa Cruz esteja fora da jurisdição do APP Rio, excepcionalmente o APP acumulará as Zonas de Controle Santa Cruz desde o solo até o limite da TMA-RJ com a TMA-SP, para gerar mais interação com os tráfegos visuais.

Com duração estimada de três horas, o início da revoada está previsto para 17h, Horário Oficial de Brasília (2000Z).

Os controladores em atividade no nosso Projeto já foram contactados e a Grade de Guarnecimentos está em fase de elaboração para cobrir as posições ATC relevantes ao evento dentro da "Terminal da Capital Mundial da Caipirinha".

O Projeto Rio 50º deseja muito sucesso à Gold Virtual na condução da revoada e à VATBRZ, no apoio ao evento.


Operações   21/05/2020 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 2006

O pacote de sector files do EuroScope para a TMA-RJ, elaborado pela VATBRZ, atualizado pelo SectorGraph e adaptado para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 2006, publicado no dia 21/05/2020.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível para download na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Evento   12/05/2020 - por Alan Zeidan

Revoada FLYGOLv - Debriefing

Mais uma vez, um show de movimento!

No último sábado, dia 09/05/2020, a TMA-RJ foi mais uma vez populada por dezenas de tráfegos, desta feita em proveito da Revoada FLYGOLv.

O evento envolveu as Terminais Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, contando também com o apoio dos Centros Brasília e Curitiba. Este debriefing se dedica ao que aconteceu dentro da jurisdição da TMA Rio, novamente guarnecida pelos controladores do Projeto Rio 50º.

Ao todo, a "Terminal da Capital Mundial do Samba" foi visitada por 45 tráfegos durante 4 horas e 33 minutos de serviço, uma média de 9,9 tráfegos por hora!

O evento começou com todas as posições ATC envolvidas guarnecidas em todas as Terminais, incluindo TWR, GND e DEL. No Rio, o Projeto ainda colocou um aperitivo a mais: além da "pilha" completa na "Casa do Maestro" (SBGL), foco do evento, foram guarnecidas também Torre e Solo no "Pioneiro" (SBRJ), dando uma opção a mais para os tráfegos avulsos que se aventuraram.

Brasília parecia um "capacitor" armazenando tráfegos. Na imagem abaixo, é possível visualizar 17 aeronaves em solo, 16 delas partindo. Era o prenúncio de que a TMA-RJ seria premiada dali a algumas horas.


Cobertura ATC no início do evento
(Clique na imagem para ampliar)

Um destaque foi o grande número de posições ATC no Brasil! Foram ao todo 19 controladores, 6 dos quais atuando na TMA-RJ, representando quase um terço da força total de recursos humanos empregados no serviço ATC!


Lista de controladores no início do evento
(Clique na imagem para ampliar)

O desenrolar dos acontecimentos foi bastante interessante. Como havia 3 Terminais envolvidas, o movimento não veio de uma vez só, mas em "vagas". Pareciam "clusters" de tráfegos. Em outras palavras, a média de 9,9 tráfegos por hora não expressa o nível de diversão que pilotos e controladores tiveram nos picos de movimento.

Ao todo, foram três vagas, a primeira delas em torno de 19h10.


1ª vaga de tráfegos
(Clique na imagem para ampliar)

Uma hora depois, a partir de cerca de 20h10, a segunda onda. Desta vez, devido à confluência entre tráfegos pesados vindo de leste e aeronaves participantes do evento, foi necessário direcionar os tráfegos vindo do norte a realizar órbitas de espera no fixo UTNUG, aproveitando-se a órbita definida na STAR UTBOM 2A, o que facilitou em muito a execução pelos comandantes. Em média, cada tráfego realizou duas órbitas, com a montagem de uma "prateleira" com até três aeronaves. Tráfegos vindos do norte e fora da STAR UTBOM 2A foram alocados para espera no VOR de Barra do Piraí (PAI).


2ª vaga de tráfegos
(Clique na imagem para ampliar)

A terceira e última vaga começou às 20h50, agora com menor vigor, mas igualmente desafiadora, exigindo dos comandantes o pleno domínio de seus pássaros para mudanças de velocidade, órbitas de espera, manobras imprevisíveis e habilidade para estabilizar na final depois de tudo. 


3ª vaga de tráfegos
(Clique na imagem para ampliar)

Àquela altura, boa parte dos 19 controladores já havia se desconectado, mas o Projeto permanecia sólido, monolítico: dos 8 controladores online, 5 eram do Rio 50º, passando a colaborar com 62,5% da força de trabalho ATC.


Lista de controladores às 20h33
(Clique na imagem para ampliar)

Durante todo o evento, e principalmente nas três vagas, a "pilha" Galeão (TWR, GND e DEL) teve um bocado de trabalho, agilizando a movimentação em solo para livrar a pista o mais rápido possível, o que contribuiu para o sucesso do sequencimanto das aproximações. No flagrante abaixo, podem-se observar uma aeronave na final (GLO9437), outra que acabara de livrar a ativa (GLO9301), duas no táxi para o terminal (GLO9988 e TAM4065), uma no táxi para partida (TAM3453), uma rolando na decolagem (GLO2130) e uma no Ponto de Espera (GLO2188), fora três outros tráfegos já estacionados.


O movimento em SBGL ao término da 3ª e última vaga
(Clique na imagem para ampliar)

Durante todo o evento, o Projeto manteve o guarnecimento. Em torno de 21h30, os controladores do Projeto representavam 100% da cobertura ATC no País, ainda em prol do evento. A "pilha" Galeão permaneceu firme e forte até receber o último tráfego que participava da revoada.


Lista de controladores ao final do evento
(Clique na imagem para ampliar)

Palavras finais

Da parte dos tráfegos, chamaram a atenção iniciativas solidárias de diversos comandantes, prontificando-se a realizar ajustes de velocidade, no intuito de contribuir para a separação e o sequenciamento nos momentos de pico, demonstrando alta "consciência situacional", fruto da extrema atenção que prestavam a seu redor. Uma verdadeica compilação do quadro tático usando principalmente a audição à fonia! Todos tiveram performance exemplar e estão de parabéns pelo alto nível!

Aos controladores, em especial os integrantes do Projeto, um muito obrigado mais uma vez da Equipe Rio 50º pela disposição e dedicação a mais este chamamento. A TMA-RJ e a VATSIM agradecem todo o esforço!

À VATSIM Brasil, os agradecimentos do Projeto Rio 50º pelo convite para colaborar com o evento e pela renovada confiança no trabalho dos controladores que diuturnamente se desdobram para manter a TMA-RJ online o máximo de tempo possível. Tenham certeza de que cada convite é uma grande honra. O Projeto Rio 50º sempre fará de tudo para continuar correpondendo à confiança depositada.

E, finalmente, à FLYGOLv, os cumprimentos do Projeto Rio 50º pela revoada bem sucedida bem como pelo desempenho dos comandantes, que responderam com profissionalismo a várias situações inesperadas a que foram submetidos.

O Projeto Rio 50º continua, como sempre, disponível para contribuir em todos os eventos que envolvam a TMA-RJ, sempre com o fito de fomentar o movimento, a partir do provimento de serviço ATC de qualidade e principalmente perene no tempo.


Evento   05/05/2020 - por Alan Zeidan

Revoada FLYGOLv - 09/05/2020

No próximo sábado, dia 09/05/2020, a FLYGOLv, em parceria com a VATSIM Brasil, realizará uma revoada. Mais uma vez, o projeto Rio 50º foi convidado para guarnecer a TMA-RJ.

O evento envolverá os aeródromos internacionais Presidente Juscelino Kubitscheck, ou Brasília (SBBR), Tancredo Neves, mais conhecido como Confins (SBCF), em BH, e Antônio Carlos Jobim, ou Galeão (SBGL), nossa querida "Casa do Maestro".

Começando às 17h, Horário Oficial de Brasília (2000Z), a revoada tem duração estimada de quatro horas, mas, se houver tráfego consistente, pode durar mais.

Os controladores em atividade no Projeto serão novamente convidados a contribuir para o sucesso do evento, para o fomento do movimento na "Terminal da Cidade Maravilhosa" e para o crescimento das demais Terminais partícipes, guarnecendo posições ATC dentro da TMA-RJ, com ênfase na "pilha" Galeão.

O Projeto Rio 50º deseja muito sucesso à FLYGOLv, em sua empreitada, e à VATBRZ, na cobertura ATC em proveito do evento.


Notícia   03/05/2020 - por Alan Zeidan

Nova safra de controladores

O primeiro quadrimestre de 2020 foi muito profícuo em termos de recursos humanos.

O Projeto teve a honra de receber nada menos do que seis novos controladores, quatro dos quais somente no mês de abril. Adicionalmente, foi estabelecido, pela primeira vez, contato direto e efetivo com o Hamilton Junior, um dos controladores mais antigos do Projeto.

Ao todo, sete colaboradores! Um aumento de 67% da força de trabalho efetivamente ativa! E mais ainda: todos já se integraram plenamente, tendo sido necessário aperfeiçoar o fluxo de comunicação e de coordenação para direcionar os esforços e otimizar a sinergia.

Eis os bravos que, doravante, contribuirão para aumentar a disponibilidade de serviço ATC na TMA-RJ na VATSIM:

E nada melhor do que um batismo de fogo: vários dos novos controladores já participaram do evento Ponte Aérea: On time Edition, realizado no dia 24/04/2020, ocasião em que tiveram de lidar com quase uma centena de tráfegos!

Aos novos amigos, boas vindas e o ensejo de que curtam muito a dedicação, a qualidade e o compromisso com o serviço ATC na TMA-RJ, marca registrada do Projeto Rio 50º.


Evento   27/04/2020 - por Alan Zeidan

Ponte Aérea: On Time Edition - Debriefing

Força, garra, dedicação, qualidade, compromisso! Adjetivos que exprimem com exatidão a tônica do que foi o evento Ponte Aérea: On Time Edition.

Embora o volume de tráfego tenha sido expressivo, seu espalhamento ao longo do tempo permitiu um fluxo que paulatinamente subiu, chegando no ápice no meio do evento, o que permitiu uma ótima separação de tráfego, com alguns picos de estresse.

Dos 82 slots disponibilizados para o evento, 70 haviam sido reservados, mais do que 85% do total. Um significativo índice de potencial participação. Adicionalmente, com base na experiência de vários eventos anteriores e do volume médio de tráfegos nos últimos serviços, esperavam-se cerca de 40 tráfegos "avulsos", que não reservaram slots. Em suma, a expectativa era de 110 tráfegos ao longo de todo o evento, uma média de 18 tráfegos por hora, que poderia ser maior no pico!

Em face do expressivo volume esperado, optou-se por setorizar a TMA-RJ, seguindo as orientações do R50-4 Manual de Setorização da TMA-RJ, publicado dois dias antes do evento e que consolidou diversas recomendações e procedimentos que vinham sendo disseminados de forma improvisada às vésperas de eventos. Mais uma ferramenta à disposição dos controladores do Projeto.

E nossa estimativa chegou razoavelmente perto! Ao todo, 90 tráfegos passaram pela "Terminal da Cidade Maravilhosa", interagindo com uma impressionante pilha de controladores! Uma média de 15 controladores por hora durante todas as 6 horas de duração! O ponto culminante tomou uma janela de cerca de uma hora. De 20h 15min até 21h 15min, o espaço aéreo da TMA permaneceu ocupada por uma média em torno de 9 tráfegos simultaneamente. E, por duas vezes, atingiu o pico de 12 aeronaves!

Merece um destaque especial a gestão de ocupação de posições ATC. Provavelmente pela primeira vez na história da VATSIM, SBGL, SBRJ e o APP Rio permanecerem FULL ATC durante quase 6 horas ininterruptamente! Durante todo o evento! e com um tempero a mais! A TMA permaneceu assim SETORIZADA, ou seja, com uma posição ATC adicional ao que regularmente dispõe! A manutenção desta endurance só foi possível graças aos Controladores Reservas e aos "Controladores Coringas", estrategicamente escolhidos para rapidamente cobrirem controladores que tiveram de se desconectar.


Pilha ATC completa no Rio
(Clique na imagem para ampliar)

Planejamento, briefing, preparação, conhecimento, auxílios ao controle disponíveis no site, agilidade e disciplina para aceitar mudanças de cadeiras para posições de menor destaque, mas em prol do sucesso coletivo, foram os elementos fundamentais que permitiram aos onze controladores do Rio 50º participantes galgarem esta efeméride, que ficará marcada na história não só do Projeto Rio 50º, mas principalmente da VATSIM.


22 Controladores online, 8 do Rio 50º
(Clique na imagem para ampliar)

E agora, algumas pinceladas sobre momentos marcantes deste que foi mais um evento diferente, desafiador e que proporcionou bastante diversão a pilotos e controladores.

Primeiro, nossa "Casa do Maestro" 

Nosso valioso Galeão começou a ser populado perto de 19h. Com 12 slots disponibilizados (6 para pouso e 6 para decolagem) e 10 deles reservados, 6 para pouso e 4 para decolagem, o aeródromo tinha perspectiva de pouco movimento, embora a taxa de reserva tenha alcançado 83%. No entando, movimentou 11 pousos e 13 decolagens, mais que o dobro das reservas! Nada mal para quem tinha poucos slots disponíveis.


Solo SBGL em atividade
(Clique na imagem para ampliar)

Com algumas trocas de controladores e um fluxo constante de partidas e chegadas, o serviço no Galeão não decepcionou, com direito a tráfegos separados por 3 MN na final da "Avenida Sapucaí" RWY 15.


SBGL: Sequenciamento na final da RWY15
(Clique na imagem para ampliar)

 

No "Pioneiro", muita ação

No Santos Dumont, a realidade foi bem diferente! Nada menos do que 68 slots haviam sido ofertados para o "Pioneiro", 37 para decolagem e 31 para pouso. 60 deles foram agendados, uma taxa de reserva de incríveis 88%. O volume potencial de movimentações no solo, que poderia ficar dramático com a presença de tráfegos avulsos, levou à equipe que guarneceu SBRJ a elaborar um Plano de Contingência, nomeado de Condição Bravo, a ser ativado para garantir o táxi na eventualidade de restrição de espaço físico por excesso de aeronaves. Em essência, o plano preconizou saídas da pista 02R/20L pelas taxiways intermediárias, ingressos pelas taxiways das extremidades, áreas de espera após o pouso para não comprometer os pushbacks e táxi pela pista auxiliar 02L/20R.


Croqui da Equipe SBRJ para a CONDIÇÃO BRAVO
(Clique na imagem para ampliar)

Devido ao ritmo cadenciado proporcionado pelas janelas de slot, não foi necessário ativar a Condição Bravo, o que não significa que o tráfego decepcoinou. A partir de 19h começaram a aparecer os primeiros tráfegos e, em torno de 20h, o pátio já estava bem populado.


Pátio do "Pioneiro" em torno de 20h
(Clique na imagem para ampliar)

A partir daí, SBRJ não teve mais um minuto de sossego! Funcionando feito um relógio suíço, os tráfegos tinham seus planos de voo aprovados, eram liberados para táxi na sequência correta, conforme seus slots e diligentemente liberados para decolagem.

O meio de campo: "Aproximação Rio"

Esta é a posição ATC extra, ativada quando a TMA-RJ é setorizada pelo Rio 50º. Sua atribuição é, como seu próprio indicativo de chamada sugere, gerenciar as aproximações e as aproximações perdidas, aliviando a carga do "Controle Rio", que fica responsável pela separação e sequenciamento das aeronaves entrando na Terminal. A setorização propiciou o alívio de carga de ambas as posições. Mesmo com um fluxo significativo por um bom tempo, a "Aproximação Rio" manteve uma média de 6 a 8 tráfegos simultâneos, o que permitiu um gerenciamento seguro e o mínimo de impacto no fluxo.


"Aproximação Rio" gerenciando tráfegos no entorno de SBRJ
(Clique na imagem para ampliar)

 

Foi impressionante o trabalho de coordenação com as Torres Galeão e Rio, com decolagens intercaladas com pousos, com pouca ou nenhuma margem para demoras. Como era de se esperar, e ainda bem que o vento não estava para a desafiadora pista 02R de SBRJ, a "Aproximação Rio" teve de lidar com várias arremetidas e encaixá-las entre os tráfegos que vinham em chegada para pouso, num fluxo interminável que perdurou por quase toda a duração do evento.

O alimentador "Controle Rio"

Parceiro indissociável da "Aproximação Rio", o "Controle Rio" gerenciou, com maestria, a separação do tráfego entrando na Terminal. Com o foco no "Pioneiro", estabeleceu uma pequena "prateleira" no fixo TODOP, suficiente para garantir a entrega de tráfegos separados à Aproximação, que, consequentemente, propiciou a intercalação de pousos e decolagens em SBRJ. Além disso, Notem a excelência da coordenação e sua importância: uma breve espera em TODOP por um controlador, garantindo fluidez duas posições ATC após!

Na maior parte das vezes, as órbitas de espera foram evitadas pelo emprego de outras técnicas, tais como alterar a rota com vetores, alterar regimes de velocidades ou voar pontos diferentes para entrar no procedimento de outra forma, garantindo a separação horizontal do trafego.


"Controle Rio": Gerenciando o caos, sequenciando para a "Aproximação Rio"
(Clique na imagem para ampliar)

Estatísticas

Acima de tudo, mais uma vez e como sempre, as estrelas da noite foram os comandantes! 90 tráfegos é um número impactante! E boa parte deles não vieram de slots reservados.

Acompanhe alguns números interessantes alcançados:

TRÁFEGOS
Total 90
Inscritos 35 (39%)
Avulsos 55 (61%)
Média por hora 15
SLOTS
Disponíveis 82
Reservados 70 (85%)
Cumpridos 28 (34%)
Disponíveis em SBGL 12
Reservados em SBGL 10 (83%)
Cumpridos em SBGL 3 (25%)
Disponíveis em SBRJ 68
Reservados em SBRJ 60 (88%)
Cumpridos em SBRJ 25 (37%)
CONTROLADORES
Máximo simultâneo no Brasil 22
Máximo simultâneo na TMA-RJ 8 (36%)
Ocupação das posições disponíveis 100%
Duração da ocupação máxima 6 horas
Controladores do R50 envolvidos 11
Nº estimado de handoffs 164
TOP 5 - PONTUALIDADE TOTAL
CID NOME DEFASAGEM AGREGADA
1393792 Arthur Zeidan 3 min
1205564 Tiago Bravi 3,5 min
1395673 Lucas Gomes 4,5 min
1128714 Gabriel Fernandez 6 min
1481664 Luiz Maia 7 min
TOP 5 - VOO MAIS PONTUAL
CID NOME DEFASAGEM AGREGADA
1467066 Pietro Nascimento 2 min
1054187 Osnildo Pfutzenreuter 2 min
1128714 Gabriel Fernandez 3 min
1393792 Arthur Zeidan 6 min
1395673 Lucas Gomes 4 min

Encerramento

E este foi o Ponte Aérea: On Time Edition. Muitos foram os desafios! Um show de preparação e execução. Certamente deixou um gostiho de "quero mais". Certamente, muitos outros eventos deste porte virão. Continuem antenados e participem! Só a presença de vocês estas iniciativas prosperam!

Este debriefing não poderia terminar antes de deixar registrado alguns agradecimentos:

Primeiro à VATSIM Brasil (VATBRZ) por ter proporcionado um evento de tal magnitude, por mais uma vez nos ter incluído na empreitada e por ter providenciado um guarnecimento completo na nossa irmã "Terminal da Garoa". A dedicação diuturna do staff da VATBRZ foi decisiva para o sucesso deste evento! Parabéns de verdade a todos do staff que contribuíram!

Segundo, aos estimados controladores do projeto, que dedicaram muito mais do que 6 horas. Tivemos muitas ações preparatórias, incluindo um briefing ao vivo de quase 1 hora de duração, onde diversos detalhes puderam ser alinhados, fator primordial para que tudo funcionasse com precisão suíça! Vocês foram a alma do negócio!


Os guerreiros do Rio 50º
(Clique na imagem para ampliar)

Para fechar com chave de ouro, deixamos um presente para todos: uma "time lapse", editada pelo Luan Lopes, que agora faz parte do nosso Projeto. Ela simboliza o agito do evento.


O evento em time lapse
(Selecione tela inteira e qualidade 1080p)

E que venha a segunda edição! Certamente, o Projeto Rio 50º estará lá com vocês...


Evento   22/04/2020 - por Alan Zeidan

Ponte Aérea: On Time Edition

Fomos convidados mais uma vez e estaremos, como sempre, a postos para cumprir nosso dever!

Na próxima sexta-feira, dia 24/04/2020, de 2100Z a 0200Z, a VATSIM Brasil, em parceria com o Projeto Rio 50º, conduzirá o evento Ponte Aérea: On time Edition!

Reproduzindo a realidade, os participantes terão de agendar slots para decolagem e pouso dentro do "Tubulão" (eixo Rio-SP). Os aeródromos envolvidos são os gigantes da região: Da "Terminal da Cidade Maravilhosa", o nosso querido "Pioneiro" SBRJ e a "Casa do Maestro" SBGL. Já da "Terminal da Garoa", Congonhas (SBSP) e Guarulhos (SBGR).

Para cada piloto que se inscrever, uma janela restrita de horário para partida, outra para pouso! Qualquer atraso representa prejuízo para a companhia!

Da parte dos órgãos ATC, a responsabilidade de garantir o fluxo de tráfego "just in time", fazendo o possível para que todos os tráfegos partam e cheguem dentro dos horários previstos.

É um evento que desafia pilotos e controladores, que terão de buscar uma solução de compromisso para consorciar agilidade, segurança e eficiência! Em resumo, o máximo de pontualidade e de segurança para otimizar o aproveitamento econômico das infraestruturas aeroportuárias mais expressivas do Brasil!

O Projeto Rio 50º já está pronto! Todos os controladores em atividade foram contactados e prontamente foram escalados! 

Agora, é com você, comandante! Aproveite esta oportunidade de vivenciar a realidade do que acontece na Ponte Aérea Rio-São Paulo, fazendo de tudo para cumprir seus slots!

Para participar, acesse o Formulário de Reserva de Slots, disponível em https://bit.ly/3axPNDq. Apresse-se, porque, a cada reserva, menos slots estarão disponíveis.

Os controladores do Projeto Rio 50º aguardam o roncar dos seus motores nos céus cariocas.


Notícia   18/04/2020 - por Nathan Broetto

5.000 Tráfegos movimentados

Um marco de todos os controladores que passaram aqui pelo RIO 50° juntamente com o apoio dos valorosos pilotos de todo o mundo da rede Vatsim que abrilhantam constantemente nossa terminal.

Temos 5 mil tráfegos hoje e queremos muito mais! A terminal do samba, sede da tanto da "Casa do Maestro" (SBGL) quanto do "Pioneiro" (SBRJ), nunca esteve tão acalourada de pilotos e também de controladores ativos.

Ressalta-se que este ano o número 5 está em evidência, é Rio 50 GRAUS, são 5 anos de projeto que logo mais se comemorará no dia 15 de junho de 2020. E esse momento é de todos que estiveram aqui conosco, apreciando a qualidade do controle e ainda seguindo firme com a disputa sadia do nosso ranking de controladores.

Rumo a muito mais números assim! Muito mais horas de Tempo de Controle e também a conclusão de mais e mais Serviços de Controle! E você pode fazer parte disso. Confira a grade de agendamento dos nossos controladores em nosso site.

Faça parte desta história com o Projeto Rio 50º.


Notícia   08/04/2020 - por Alan Zeidan

SBWJ_APP "arrebenta" no Iron Mic

E o RIO EXTENDED III continua produzindo efeitos positivos.

A VATSIM Mundial agraciou o Controle de Aproximação Rio de Janeiro (SBWJ_APP) com o Iron Mic da semana 14.

Com 166 horas 1 minuto e 12 segundos, ligeiramente maior que o computado pela Equipe Rio 50º, o APP Rio guarneceu 98,8% do tempo total possível em uma semana! E só não foi maior por conta de quedas nos servidores da rede ao longo da semana.

O percentual de ocupação foi expressivamente maior que os dos demais APP do TOP 20, sendo 44% maior que o APP Shantou, segundo colocado.

Aos controladores que participaram do RIO EXTENDED III, os sinceros parabéns de todos os integrantes do Projeto. Só com a intensa dedicação de vocês foi possível alcançar o topo, conferindo mais um destaque à nossa "Terminal da Cidade Maravilhosa", desta vez em âmbito global!


Evento   07/04/2020 - por Alan Zeidan

RIO EXTENDED III - Debriefing

Ufa! que evento épico!

Durante sete dias, a Terminal Rio (SBWJ_APP) permaneceu online sem parar, 24 horas por dia! Proporcionar aos estimados pilotos um prato cheio para voar conosco a qualquer hora que quisessem exigiu do Projeto um bocado de organização, competência e principalmente dedicação.

Os preparativos

O evento começou uma semana antes de seu início, com o recrutamento dos controladores, que manifestaram suas solicitações de slot a guarnecer por meio de um formulário exclusivamente dedicado para tal:


Formulário de solicitação de slots de serviço

Ao longo daqueles dias, todas as interferências entre as solicitações foram desconflitadas, trazendo à luz a Grade de Guarnecimentos, espinha dorsal para a fase de execução.


Grade de Guarnecimentos

Nos dois dias que antecederam o início, os controladores também receberam várias orientações preliminares. Deram tão certo que serão incorporadas à documentação do Rio 50º para emprego em eventos futuros.


Orientações preliminares

A execução

Enfim, veio a etapa de execução! Atravessando madrugadas inteiras e sustentando longos serviços sucessivamente, sem descuidar da pontualidade, com rendições de serviço nos horários previamente estabelecidos, a Grade de Guarnecimentos previamente estabelecida foi cumprida. Todos os controladores participantes deram seu sangue e o resultado foi um evento memorável, atestado por alguns comentários no Discord.


Algumas mensagens no Discord

Em várias ocasiões, o APP RIO teve a companhia de outros controladores nas adjacências, em especial o Centro Curitiba (SBCW_CTR) e o Controle São Paulo (SBXP_APP). Tivemos até a presença do Centro Atlântico em uma dada oportunidade!


APP Rio na companhia do Centro Curitiba e do Centro Atlântico
(Clique na imagem para ampliar)

Entre um e outro período de monotonia, houve vários momentos de intensa atividade como este em que vários tráfegos VFR chegaram, sem separação, para TGL na desafiadora pista 02R de SBRJ. Após o controlador orientar manobras de 360º em dois deles, intercalação entre aproximações direto na final e circuitos completos e, após os TGL, saídas curvando a esquerda pelo portão Rio 1 e pela direita pelo Rio 2, os tráfegos saíram devidamente separados entre si. Como mais um tempero de complicação, havia um King Air em IFR para pouso, encaixado no final da sequência sem nenhuma espera. Enfim, um show de gestão de fluxo de tráfego!


Tráfegos VFR sequenciados após TGL em SBRJ, com encaixe de um King Air em IFR. Tudo na 02R!!!
(Clique na imagem para ampliar)

Em outra ocasião, quatro tráfegos VFR estavam se aproximando, um de leste, pela REA DELTA (PRHLC), outro de oeste, pela REA ECHO (PTVBA) e dois outros do norte, pela REA CHARLIE (PPBER seguido por PTLLS). Todos se encontrariam na posição PONTAL, com grande probabilidade de conflitos mútuos. Antecipando-se ao problema, o controlador inicialmente providenciou a separação horizontal entre os dois tráfegos ao norte, que vinham muito próximos entre si. Em seguida, optou por garantir a separação vertical entre todas as aeronaves, definindo altitudes intercaladas de, no mínimo, 1.000 ft. Como complemento, o segundo tráfego do norte (PTLLS), após acusar visual com o tráfego que vinha de oeste (PTVBA), foi instruído a retomar a REA DELTA, com separação tanto vertical quanto horizontal. Para dramatizar ainda mais a situação, o PRHLC teve uma desconexão pouco antes do Rendez vous em PONTAL. As demais aeronaves foram alertadas e procuravam contato visual até que o tráfego se reconectou no momento mais crítico. Graças às iniciativas de separação, a reconexão ocorreu sem problemas. Mais um grande espetáculo, desta vez com destaque para todos os pilotos envolvidos, cujos desempenhos precisos foram cruciais para o sucesso da manobra... certamente, todos se divertiram com muito profissionalismo!


4 tráfegos VFR chegando simultaneamente na posição PONTAL. Separação vertical e restrição de velocidade garantiram o desconflito
(Clique na imagem para ampliar)

E o que dizer da próxima cena? Uma imagem que vale por mil palavras! Em pleno fim de festa, no último slot de serviço do evento, no domingo (05/04), Uma verdadeira revoada de "Golds" encheu os céus cariocas! Foram mais de 30 minutos de puro agito! A Gold fez um verdadeiro evento dentro de outro evento! Inesperadamente, o controlador se viu às voltas com nada menos do que 11 tráfegos simultâneos! E o fluxo permaneceu assim por meia hora! Nosso "Pioneiro" SBRJ foi submetido a um verdadeiro overload, exigindo do controlador habilidade para intercalar e, principalmente, separar vários circuitos visuais de tráfegos VFR com aproximações por instrumentos de aeronaves em IFR. Além de tudo isto, teve de dividir sua atenção também para manter estreita coordenação com o Centro Curitiba (SBCW_CTR) e principalmente com o Controle São Paulo (SBXP_APP), de onde vinham as sucessivas vagas de "Golds". Além deles, coincidentemente, a TMA foi aquinhoada com muitos outros tráfegos, de modo que o controlador foi submetido a uma alta concentração de tráfegos por mais de uma hora! Com certeza, saiu suado do serviço, mas realizado! 


No apagar das luzes, a Gold decide fazer uma festa!
(Clique na imagem para ampliar)

Estatísticas

Algumas estatísticas coletadas durante o evento foram marcantes!

Foram dezenas de serviços, centenas de tráfegos, uma significativa participação internacional e muitas revisitas:

Indicador Resultado
Número de serviços 31
Tempo Total de Controle 165h 57min
Número de tráfegos 498
Tempo médio de serviço por controlador 5h 21min
Média de tráfegos por dia 71
Média de tráfegos por hora 3
Média de tráfegos por controlador 16
Número de pilotos participantes 249
Pilotos estrangeiros 84 (34,07% do total)
Número de revisitas 249

 

Países visitados: 24
País Nº de voos
Argentina 17
EUA 12
Emirados Árabes Unidos 7
Chile 5
Panamá 5
Uruguai 4
Espanha 4
França 4
Marrocos 3
Bolívia 2
Equador 2
Portugal 2
África do Sul 2
Alemanha 2
Áustria 2
Itália 2
Polônia 2
Suíça 2
Paraguai 1
Catar 1
Israel 1
Nigéria 1
Reino Unido 1
Rússia 1

 

TOP 10 Pilotos Nacionais
ID Piloto Nº de voos
1451515 Mauricio Nunes 15
1393792 Arthur Zeidan 12
1228855 Luan Lopes 12
1325371 Matheus Berger (Rio 50º) 10
1434193 Diego Andrade (Rio 50º) 9
1102736 Ramon Ferreira 8
1335797 Lucas Costa e Silva 8
1480444 Henrique Silva 7
1470952 Pedro Rocha 7
1413903 Nicolas 7

 

TOP 5 Pilotos Estrangeiros
ID Piloto País Nº de voos
1068218 Efrain Feeney Bolívia 9
924137 Bill Barrette EUA 6
1155632 Jose P. Amarilla Argentina 3
1320339 Jose Sand val Bolívia 3
936051 Wess Martin Sem Referências 3

 

TOP 10 Pilotos RIO EXTENDED
ID Piloto País Nº de voos
1451515 Mauricio Nunes Brasil 15
1393792 Arthur Zeidan Brasil 12
1228855 Luan Lopes Brasil 12
1325371 Matheus Berger (Rio 50º) Brasil 10
1068218 Efrain Feeney Bolívia 9
1434193 Diego Andrade (Rio 50º) Bolívia 9
1102736 Ramon Ferreira Brasil 8
1335797 Lucas Costa e Silva Brasil 8
1413903 Nicolas Brasil 7
1470952 Pedro Rocha Brasil 7

 

Encerramento

Eventos desta magnitude são muito difíceis de se realizar. Exigem muito tempo dos controladores, variável que hoje é bem escassa no cotidiano das pessoas. Além disso, ao longo de uma semana, podem acontecer muitos imprevistos que ameaçam o cumprimento dos slots pelos controladores escalados. Por estas razões, o Projeto realizou apenas três edições do RIO EXTENDED até hoje, sendo que a segunda teve duração de apenas 48 horas.

Muitos tráfegos apresentaram excelente desempenho, demonstrando profissionalismo e paixão pela aviação e pela simulação com o máximo de realismo, essência do hobby que todos que aqui estão amam.

Merece destaque também a intensidade de participação dos comandantes, não apenas pelo expressivo quantitativo de 249 pilotos, mas principalmente pelo índice de revisitas, que somaram outros 249 voos. Em média, é como se cada piloto tivesse realizado dois voos! Uma marca expressiva para um evento do tipo endurance! A todos os colegas que voaram pela TMA da "Capital Mundial do Samba", os sinceros agradecimentos do Projeto Rio 50º. Vocês foram as estrelas do evento! E brilharam de forma espetacular!

A Equipe do Rio 50º não poderia deixar de salientar também a participação inesperada da Gold Virtual Airlines. Sua demonstração de espírito de união e de contribuição aos eventos da VATSIM mais uma vez se mostraram impressionantes! Cada demonstração de força como esta ressalta a proximidade dos valores cultuados por ambas as iniciativas, a Gold e o Rio 50º, gerando sinergia altamente salutar, que contagia pilotos e controladores e os motiva a não apenas continuar, mas principalmente a evoluir e buscar novos desafios. À Gold virtual Airlines, o muito obrigado de todos do Projeto Rio 50º.

E, por fim, um espaço para nossa família!

O grande desafio reside nos controladores participantes, exigindo de cada um muita articulação, para encaixar os slots de serviço em suas rotinas, e principalmente COMPROMISSO, levando muito a sério sua contribuição, tanto para garantir a qualidade do evento como pelo respeito tanto ao colega que será substituído quanto com os comandantes que estão na TMA participando, que, aliás, são a razão de tudo!

Como agravante, devido à escassez de controladores, um evento destes demanda slots de serviço muito longos, extenuantes. Foram várias madrugadas sem pregar os olhos, muitos serviços de 6 e até 7 horas sem parar! Isto uma, duas, três, quatro e até cinco vezes em uma só semana. Não parece, mas o sacrifício foi grande para cada um que se dispôs a fazer parte da homérica empreitada!

A entrega total dos controladores pode ser evidenciada no agregado de horas de controle efetivo. Uma semana tem 168 horas e SBWJ_APP permaneceu online durante exatas 165 horas e 57 minutos, ou seja, 98,79% de disponibilidade durante toda a semana! Só não foi possível mais por conta de instabilidades nos servidores da VATSIM, que, em algumas ocasiões, haviam caído, provavelmente pelo excesso de conexões na Europa e nos EUA.

De qualquer modo, os resultados foram expressivos, impressionantes! E, para agradecer a dedicação abnegada que tornou o RIO EXTENDED III um sucesso, este debriefing termina destacando os controladores que tornaram tudo isto possível:

Controladores que participaram do RIO EXTENDED III
ID Nome Tempo de controle Nº de tráfegos
1247948 Renan Agondi 42h 45min 60
1434193 Diego Andrade 37h 53min 171
1248698 Nathan Cruz 30h 36min 72
824939 Alan Zeidan 24h 57min 94
1347354 Bruno Veiga 17h 29min 18
1325371 Matheus Berger 16h 14min 65
1347956 Antonio Junior 2h 2min 18

 

E que venha o RIO EXTENDED IV!


Notícia   01/04/2020 - por Alan Zeidan

TMA-RJ: Desempenho impressionante em março

Durante o mês de março, a TMA-RJ mais uma vez se destacou no ranking nacional de posições ATC online. Só que, desta feita, os números alcançados foram impressionantes!

O APP Rio sozinho somou nada menos do que 196 horas de controle! Destacaram-se também no TOP 10 as Torres Galeão (SBGL_TWR) e Rio (SBRJ_TWR), com 55 e 42 horas de serviço respectivamente. Juntas, as três posições Representaram 45,9% do tempo total de controle das 10 posições que mais controlaram.

A Equipe Rio 50º parabeniza os controladores pela marca alcançada e segue fomentando o guarnecimento da TMA-RJ, uma excelente alternativa para quem deseja voos desafiadores no Brasil.


Evento   27/03/2020 - por Alan Zeidan

Evento RIO EXTENDED III

Na primeira semana de abril, o Projeto Rio 50º promoverá o evento Rio Extended III.

O Rio Extended é uma iniciativa em que os controladores em atividade do Projeto se revezam para manter o APP RIO online ininterruptamente durante dois ou mais dias. A primeira edição foi em 2015 e a segunda, em 2018.

Nesta que será a terceira versão, o Rio Extended cobrirá 7 dias! Isto mesmo! SBWJ_APP permanecerá online durante toda a semana! Serão cerca de 160 horas de controle, cobrindo toda a "TMA da Capital Mundial do Samba".

O evento ocorrerá, como sempre, na VATSIM. Terá início às 21h (Horário Oficial de Brasília) do próximo domingo, dia 29/03/2020, e se estenderá até 21h(Horário Oficial de Brasília) do domingo seguinte, dia 05/04/2020.

É uma grande oportunidade de usufruir de serviço ATC de qualidade e uma excelente terapia para este período de quarentena que o mundo está enfrentando.

Convidamos todos os comandantes a participar, trazendo seus "motores voadores" para roncar várias e várias vezes nos céus cariocas. E fica também o convite para outros controladores abrirem as TWR dentro da TMA (SBGL, SBRJ ou SBJR) ou posições ATC no entorno, para trazer mais animação ainda aos tráfegos.


Operações   26/03/2020 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 2004

O pacote de sector files do EuroScope para a TMA-RJ, elaborado pela VATBRZ, atualizado pelo SectorGraph e adaptado para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 2004, publicado no dia 26/03/2020.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível para download na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.

Recomendamos aos controladores do R50 empregar o pacote disponibilizado no nosso site, haja vista que as modificações implantadas otimizam a visibilidade de REA e de REH.


Evento   23/03/2020 - por Alan Zeidan

Rio 50º no "Encerramento de Verão" - Debriefing

Mais uma vez, um evento marcante!

O evento Encerramento de Verão inundou de tráfegos os céus cariocas, o que é uma constante quando se trata da Gold Virtual Airlines. Ao todo, foram 68 tráfegos, 39 dos quais somente da Gold, tendo atingido o pico de 20 tráfegos simultâneos.

Embora a expectativa de tráfegos era grande e tenha se confirmado, desta vez, optou-se por não setorizar a TMA-RJ e focar no full ATC, uma vez que o fluxo de tráfegos era todo de saída, com poucas chegadas. A decisão mais uma vez se mostrou acertada, porque o movimento em solo foi muito intenso e a presença de Torre e Solo, tanto na "Casa do Maestro" (SBGL) quanto no "Pioneiro" (SBRJ), foi fundamental para balancear o atendimento dos tráfegos sem congestionamentos dde frequências.

Com o aprendizado de eventos anteriores, o guarnecimento foi antecipado em pelo menos 30 minutos, o que viabilizou a aclimatação dos controladores antes que o movimento tomasse corpo.

Como novidade, por sugestão de Bruno Veiga, a Equipe Rio 50º realizou um Briefing 1 hora antes do início previsto para o evento, onde foram relembrados aspectos importantes sobre o evento, coordenação, ATIS e detalhes operacionais, abordando também aprendizados sobrre erros do passado. Aproveitando o ensejo, foi incluído também um debrefing, onde foram apontadas algumas oportunidades de melhoria para as próximas ocasiões. Como foi bem sucedida e aprovada por todos os participantes, a partir de agora, serão realizados Briefing e Debriefing para todo evento em que os controladores do Rio 50º estejam guarnecendo a TMA-RJ.

Na "Casa do Maestro"...

Com 22 decolagens e 8 pousos, tendo movimentado ao todo 30 tráfegos, O Galeão (SBGL) operou a maior parte do tempo com a pista 28 para pousos e a 33 para decolagens, padrão pouco usual, exigindo mais atenção dos controladores.

Como um tempero dificultador, este padrão apresenta um risco a mais: a interferência entre decolagens e pousos, uma vez que as projeções das pistas 28 e 33 se cruzam. A situação era mais ameaçadora pelo grande número de tráfegos. Com segurança e boa gestão, A Torre Galeão se saiu muito bem no desafio, tendo sido muito importante o apoio do Solo Galeão, que concentrou as aprovações de Planos de Voo e as movimentações em solo, desafogando a Torre e lhe permitindo dedicar mais atenção para evitar conflitos.


Solo Galeão visto da Torre
(Clique na imagem para ampliar)

Já no "Pioneiro"...

Santos Dumont, nosso querido "Pioneiro", também teve seu momento de stress e de glória. Atendeu a 33 tráfegos, sendo 27 partidas e 6 chegadas.

SBRJ exigiu muita coordenação e agilidade do Solo Rio diante da expressiva quantidade de tráfegos em solo, tendo alcançado o pico de 20 tráfegos simultâneos. Os tráfegos foram movimentados sem muita demora e de forma ordenada, garantindo muita diversão aos comandantes, que tiveram o privilégio de simular o movimento em solo congestionado.


Solo Galeão visto da Torre
(Clique na imagem para ampliar)

Já a Torre Rio tomou uma decisão não prevista nem no manual operacional do R50 nem no mundo real: nos momentos de maior pico, para evitar a retenção do tráfego por muito tempo em solo, passou a operar as pistas 20L e 20R simultaneamente. Certamente, os comandantes curtiram a oportunidade única! Decolar vendo aeronave da companhia na pista logo ao lado e outros muitos tráfegos aoo redor. Esta postura exigiu cautela para evitar conflitos, mas deu tudo certo e realmente agilizou as decolagens, reduzindo os tempos de espera em solo.


Santos Dumont operando com pistas simultâneas
(Clique na imagem para ampliar)

E o APP?

Quanto ao Controle Rio, como sempre, foi uma "cadeira elétrica". Tendo também atingido o pico de 20 tráfegos simultâneos, o APP teve de lidar com vários e vários tráfegos em VFR e outros tantos em IFR. Muitas foram as decisões para sequenciar e garantir a separação dos tráfegos seguindo para Goiabeiras, Vitória-ES (SBVT), e Campos dos Goitacazes-RJ (SBCP).

A imagem abaixo fala muito mais do que as milhares de palavras que poderiam ser usadas para descrever o cenário. O evento contou basicamente com duas vagas: a primeira, logo no início, foi a mais intensa e envolveu a maioria dos participantes. foi o ponto de maior "stress" para o APP Rio. O segundo, bem depois, com fluxo menor, mas significativo, envolveu tanto partícipes do evento como tráfegos avulsos, chegando no Rio e partindo para outras localidades.


APP Rio no momento de pico do evento
(Clique na imagem para ampliar)

Os protagonistas...

Este espaço é dedicado a destacar todos os tráfegos controlados pelo Projeto Rio 50º durante o evento, 43% deles integrantes da anfitriã, a Gold Virtual Airlines. A todos os participantes, os agradecimentos do projeto Rio 50º. Sem a presença de vocês, nada disto teria sido possível.

Callsign Nome Origem Destino
AAL504Jide Olusanya KJFKKJFKSBGL
ARG1250Luis Pablo Panatti SAARSAEZSBGL
ARG1257Agus Castrilli SABESBGLSAEZ
AZU2402Kenrick Pollock TKPKSBGRSBRJ
BRI0130Leonardo Costa SBSPSBSPSBRJ
CXA106Fernand Leblanc CYULKMIASBGL
DLH507Song RJAASBGREDDF
FAB2101Rafael Borba SBRFSBRJSBSP
G31050Juan Maside SUMUSBSPSBRJ
GLD1024Chuck de Paula CYYZSBRJSBCP
GLD1035MAURICIO NUNES SBKPSBGLSBVT
GLD1038Guilherme Carvalho SBBHSBRJSBCP
GLD1054Carlos Vizaco SBTASBGLSBVT
GLD1075Erick SilvaSBRJSBCP
GLD1078Marlison CavalcanteSBRJSBCP
GLD1087Gilson Martins SBPJSBRJSBCP
GLD1091Jaziel Menezes SBRJSBGLSBVT
GLD1092Renan Bispo SDAISBRJSBCP
GLD1099ANDRELUIZ SBMTSBRJSBCP
GLD1100Jussier Lopes Ribeiro SBSPSBRJSBCP
GLD1104Diego Freitas SBSVSBRJSBCP
GLD1112Luiz Vinicius Naibert SBPASBRJSBCP
GLD1113Fabio Mamede SBBRSBRJSBCP
GLD1118Rafael Laplace SBPASBRJSBCP
GLD1121Marcelo Miranda.'. SBGLSBRJSBCP
GLD166CARLOS MELO SBGOSBGLSBVT
GLD352Luciano Flores SBRPSBGLSBVT
GLD361Rafael Mourao SBBHSBRJSBCP
GLD548Ricardo Jesus SBMTSBGLSBVT
GLD652Dorival Vilar SBMTSBRJSBCP
GLD697RENAN SAHDO SBMTSBRJSBCP
GLD769Ricardo Druszcz SBPASBGLSBVT
GLD803Roberto Torga - SBBRSBRJSBCP
GLD844Bruno Scatena SBMTSBGLSBVT
GLD853Carlos Zeituni SBMTSBRJSBCP
GLD904Leonardo Silva SBMTSBRJSBCP
GLD965Marcelo de mendoncaSBGLSBVT
GLD999Valdinei Santos SBGRSBGLSBVT
GLO1001Jo o Pedro Souza SBRFSBRJSBSP
GLO1012william luna SBKPSBVTSBGL
GLO1093Diego Lourenco SBSRSBGLSBGR
GLO1302Arthur Ariel Pinheiro Gomes SBPASBGRSBRJ
GLO1302Arthur Ariel Pinheiro Gomes SBPASBRJSBGR
GLO1558Gabriel Facundo SBRFSBRJSBSP
GLO1816Eduardo Farinha SBGLSBEGSBGL
GLO2078Ianir Sonis SABESBGLSBRF
IDL1608Gabriel Oliveira SBBRSBRJSBBR
LAN3183Tejas Lamb NZAASBGLSBVT
LOT8JPascal Bertram EDDFSBGLEPWA
NOV009THIAGO HENRIQUE SBMTSBRJSBVT
PRJOEJoeler Vargas SBJRSBFLSBGL
PTASCAlexandre Correa SBBRSBRJSBCN
PTCZRCezar Feitosa SDCOSBSPSBRJ
PTEAGEdvar Galvao SBGRSBGLSBGR
PTGACHugo Leandro SBPJSBGLSBFL
PTLYRVinicius Baldi SBDNSBBQSBSP
PTLYRVinicius Baldi SBDNSBSPSBGL
PTRGARenan AgondiSBRJSBFZ
PT-TSSThiago SoaresSBGLSBVT
TAM3582Tadeu Primo SBJDSBGRSBGL
TAM3946Sandro Dessi LSZHSBSPSBRJ
TAM4701Jose Gentile SBGLSBGLSBGR
TAM8092Ivan HerreraSBGLSAEZ
TAM8634Gil Martins SBJDSBGLSBVT
UAL2013Tiago Bravin SBKPSBSPSBGL
VRG5225Antonio Intini SBSPSBVTSBGL
WEB9547Davi Pires SBGRSBGLSBCF
WEB9564Bruno Koch SBPASBPASBGL

Nossos controladores...

A Equipe Rio 50º presta também um reconhecimento aos controladores em atividade no Projeto e que abnegadamente guarneceram quase todas as posições ATC essenciais ao evento, o que foi fundamental para o sucesso alcançado. Merece nossos parabéns a Letícia Monteiro, convidada do R50 a participar como Solo Galeão, tendo apresentado ótima performance:

  • Diego Andrade: SBWJ_APP
  • Equipe Galeão:
    • Antonio Junior: SBGL_TWR
    • Letícia Monteiro (convidada): SBGL_GND
  • Equipe Santos Dumont:
    • Alan Zeidan: SBRJ_TWR
    • Rubens Montanha: SBRJ_GND

Como desfecho, o Projeto Rio 50º preparou este singelo vídeo em time lapse da tela radar de SBWJ_APP, que exprime a animação vivida por todos que tiveram o privilégio de participar e apura a sensibilidade para imaginar a energia que flui pela "cadeira elétrica" do Controle Rio em eventos desta natureza.


O evento sob a ótica do APP Rio
(Selecione tela inteira e qualidade 1080p)

E assim foi a contribuição da Terminal da Capital Mundial do Samba para o evento Encerramento de Verão, patrocinado pela Gold. Como sempre, o projeto Rio 50º coloca-se à disposição para outras iniciativas com esta.


Evento   17/03/2020 - por Alan Zeidan

Rio 50º na Revoada "Encerramento de Verão"

No próximo sábado, dia 21/03/2020, a Gold Virtual Airlines estará promovendo o evento  Revoada Encerramento de Verão.

Mais uma vez, nossa parceria com a VATSIM Brasil rendeu frutos: o Projeto Rio 50º guarnecerá a TMA-RJ e a VATBRZ se encarregará de ocupar as demais posições ATC de interesse.

O evento terá início às 17 horas, Horário Oficial de Brasília. Pela programação, estão previstos dois "Fly Outs":

  • SBGL - SBVT para rotas IFR; e
  • SBRJ - SBCP para rotas VFR.

Convidamos novamente os controladores em atividade no nosso Projeto para guarnecerem as posições ATC dentro da "Terminal da Capital Mundial do Samba". Todos serão contactados pela Equipe do Rio 50º para a definição da posição ATC a guarnecer.

Àqueles que forem participar, recomenda-se:

  • Agendar suas posições na nossa Grade de Agendamentos tão logo receba a confirmação da posição a guarnecer; e
  • Conectar-se na posição com pelo menos 30 minutos de antecedência. O ideal é se conectar uma hora antes.

Contamos com a presença de todos para animar mais esta iniciativa da Gold Virtual.


Notícia   14/03/2020 - por Alan Zeidan

TMA-RJ se destaca no IRON MIC AWARD

Com 48 horas e 35 minutos online, a TMA-RJ destacou-se como o Controle de Aproximação (APP) com o 2º maior tempo de serviço acumulado durante a semana de 24/02 a 29/02/2020, superada apenas pela TMA Shantou, que chegou a 93 horas e 14 minutos. Boa parte desta marca se deve, mais uma vez, à dedicação dos nossos controladores Diego Andrade e Antonio Junior, que tiveram uma participação expressiva no mês de fevereiro.

Não foi a primeira vez que nos havemos bem neste conteste. De fato, já galgamos o topo e com tempo de guarnecimento significativamente maior. No entanto, foram conquistas episódicas, o que não pode ser considerado como um desempenho consistente.

De qualquer forma, é um feito memorável e nos instiga a prosseguir com mais ímpeto! Como meta inicial, concitamos os controladores a guarnecer mais ainda a posição SBWJ_APP, com a meta de alcançarmos o topo do ranking do Iron Mic. Não será fácil, porque, pelos dados citados, teremos de dobrar a produtividade.

Fica aí o desafio, relembrando que os controladores que não fazem parte do nosso Projeto também contribuem para o cômputo.


Notícia   10/03/2020 - por Alan Zeidan

TMA-RJ destaca-se entre posições ATC brasileiras em FEV/2020 na VATSIM

Com mais de 113 horas de serviço, a "Terminal da Cidade Maravilhosa" alcançou o 1º lugar entre as posições ATC guarnecidas no Brasil durante o mês de fevereiro de 2020.

Merecem destaque, na consecução deste feito, as contribuições significativas dos nossos controladores Diego Andrade e Antonio Junior, que alcançaram, respectivamente, o 1º e o 6º lugares no ranking individual de controladores. O Diego dedicou 76 horas e 56 miutos ao APP Rio, enquanto o Antonio prestou 22 horas e 19 minutos. Juntos, ambos representaram 34% do tempo de controle dos 10 controladores com maior tempo de controle em fervereiro.

Não é a primeira vez que a nossa TMA se destaca no cenário nacional. De fato, servem como estímulo para que continuemos a nos dedicar mais e mais ao nosso Projeto, com o intuito de inspirar outros controladores a participar da nossa empreitada. Se nos tornarmos referência regional e mundial, é possível sonhar com uma rede em que tenhamos intenso tráfego desfrutando de diversas posições ATC prestando um serviço de qualidade, o que, consequentemente, levaria a um ciclo virtuoso, chamando mais tráfegos e mais controladores.

Ao Diego, ao Antônio e a todos que contribuíram para mais este marco da TMA-RJ, um muito obrigado da Equipe Rio 50º.


Operações   01/03/2020 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 2003

O pacote de sector files do EuroScope para a TMA-RJ, elaborado pela VATBRZ, atualizado pelo SectorGraph e adaptado para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 2003, publicado no dia 27/02/2020.

Desta vez, a VATBRZ promoveu uma atualização de dados de solo. Portanto, os controladores devem revisar suas configurações de "display settings" no EuroScope.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível para download na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.

Recomendamos aos controladores do R50 empregar o pacote disponibilizado no nosso site, haja vista que as modificações implantadas otimizam a visibilidade de REA e de REH.


Notícia   26/02/2020 - por Alan Zeidan

Boas vindas a Diego Andrade (1434193)

Neste mês de fevereiro, no dia 9, após conquistar o rating S3 na VATSIM, Diego Andrade (CID: 1434193) passou a integrar nosso grupo de controladores.

Nosso primeiro contato com o Diego ocorreu bem antes de sua inscrição, ainda em 2019, em que pudemos testemunhar sua dedicação ao aprendizado sobre a arte de controlar; sua intensa atuação em serviço ATC, guarnecendo repetidamente as torres Galeão e Rio; e sua frequente contribuição às atividades operativas do R50, destacando-se o guarnecimento de SBGL_TWR e de SBGL_GND no evento Worldflight Australia, em 05/11/2019, ocasião em que a TMA-RJ controlou dezenas de tráfegos, muitos dos quais tendo passado pelas mãos competentes do Diego.

Em retribuição à sua participatividade e colaboração abnegada ao nosso Projeto mesmo sem nenhuma ligação efetiva, a Equipe Rio 50º excepcionalmente aplicou, pela primeira vez, um Adestramento de Familiarização, onde foram aperfeiçoadas as habilidades do Diego quanto às especificidades da TMA-RJ. Conforme nosso Manual de Instrução, foram realizadas três Sessões ATC Assistidas, em que o Diego logrou resultados satisfatórios em todos os quesitos, obtendo a nota máxima "Ótimo" em Versatilidade e Iniciativa.

Como constatação das virtudes supracitadas, em menos de 20 dias como controlador ativo do Projeto, o Diego já acumulou 13 serviços, 4 deles agendados; 69 horas de controle; e 179 tráfegos controlados.

Ao nosso mais novo companheiro Diego Andrade damos nossas boas vindas e externamos nossa expectativa de que continue contribuindo com o Projeto Rio 50º com a mesma animação, servindo cada vez mais de exemplo aos futuros controladores do Projeto Rio 50º


Administração   15/02/2020 - por Alan Zeidan

Correções de falhas no SiGer

Na última semana, foram detectadas algumas falhas na automação do Sistema Gestor (SiGer), nossa ferramenta exclusiva que administra automaticamente todas as funcionalidades do projeto.

Uma das falhas referia-se à possibilidade de superpor agendamentos em uma mesma posição. 

A segunda falha, mais complexa e com impactos mais significativos, não era um erro técnico do sistema, mas sim um comportamento indesejável decorrente da recente extinção do Horáro de Verão no Brasil, que vinha comprometendo a validação de agendamentos cumpridos desde novembro do ano passado.

Consequentemente, diversos agendamentos efetivamente cumpridos não haviam sido validados, gerando prejuízos para as Cadernetas Virtuais de Controle dos controladores, especialmente no que tange ao indicador Nível de Confiança.

As falhas foram corrigidas, os agendamentos efetivamente cumpridos foram manualmente validados e o SiGer encontra-se em fase de observação, acompanhado continuamente, para atestar a efetividade das correções.

Caso detectem anormalidades, os controladores ativos do Projeto Rio 50º devem entrar em contato pela seção FALE CONOSCO do site, reportando o máximo possível de detalhes.

A Equipe Rio 50º continua mantendo o máximo de esforço possível para preservar a excelência dos serviços prestados.


Operações   01/02/2020 - por Alan Zeidan

Atualização de Cartas - Ciclo AIRAC 2002

Em 30/01/2020, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, as seguintes atualizações de cartas aeronáuticas de interesse para a TMA-RJ:


SBGL
Tipo Carta Status Principais alterações
SID RNAV EVRAD 1A RWY 10/15 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
RNAV PCX 1A RWY 10/15 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
RNAV PCX 2A RWY 10/15 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
Campo RMK: retirados mínimos IFR para DEP*
PUMSO/SURKU 1B RWY 28/33 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
Campo RMK: retirados mínimos IFR para DEP*
STAR RNAV DIVRO 1B RWY 33 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
IAC ILS X OR LOC X RWY 10 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio e GNDC Galeão
Observação sobre DA(OCH) CAT 1 no cabeçalho
ILS U OR LOC U RWY 28 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio e GNDC Galeão
Retirado TETO nas seções CAT 1 e LOC*
ILS V OR LOC V RWY 28 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio e GNDC Galeão
Retirado TETO nas seções CAT 1 e LOC*
ILS W OR LOC W RWY 28 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio e GNDC Galeão
Retirado TETO nas seções CAT 1 e LOC*
RNAV GNSS Y RWY 28 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio e GNDC Galeão
Retirado TETO nas seções  LNAV/VNAV e LNAV*
RNAV GNSS Y RWY 33 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio e GNDC Galeão
Retirado TETO nas seções LNAV/VNAV e LNAV*
VAC VAC RWY 10/28 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio e GNDC Galeão
Elevação do aeródromo
  (*) Informações que podem afetar o serviço ATC

SBRJ
Tipo Carta Status Principais alterações
IAC RNAV GNSS C RWY 02R/02L Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
Incluída RWY 02L
Campo RMK: Inclusão de observação sobre RWY 02L
Retirado TETO nas seções LNAV e Circular*
RNAV GNSS Y RWY 02R/02L Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
Incluída RWY 02L
Campo RMK: Inclusão de observação sobre RWY 02L
Retirado TETO nas seções LNAV e Circular*
RNAV RNP T RWY 02R Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
Campo RMK: Inclusão de observações sobre RF e PAPI
Pequenos ajustes de altitude
Retirado TETO na seção RNP 0.1*
RNAV RNP W RWY 02R Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
Campo RMK: Inclusão de observação sobre PAPI
Retirado TETO na seção RNP 0.1*
RNAV RNP X RWY 02R Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
Campo RMK: Inclusão de observação sobre PAPI
Retirado TETO na seção RNP 0.1*
VAC VAC RWY 02/20 Atualização Frequências de comunicação do APP Rio
Página RMK: Inclusão de observação sobre PAPI
  (*) Informações que podem afetar o serviço ATC

A Folha de Bolso Online já contempla as atualizações supracitadas.

As novas cartas podem ser baixadas da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Operações   01/02/2020 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 2002

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 2002, publicado no dia 30/01/2020.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Operações   05/01/2020 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 2001

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 2001, publicado no dia 02/01/2020.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Operações   08/12/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Cartas - Ciclo AIRAC 1913

Em 05/12/2019, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, as seguintes atualizações de cartas aeronáuticas de interesse para a TMA-RJ:

  • SBGL
    • Nova: IAC ILS Z RWY 15
    • Cancelada: IAC ILS S RWY 15
  • SBRJ
    • Novas:
      • SID PUMSO 2B RWY 02R/02L
      • SID PUMSO 2D RWY 02/20
  • SBJR
    • Atualizada: VAC
  • SBAF
    • Nova: SID RNAV GNSS B RWY 08

As novas cartas podem ser baixadas da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Operações   06/12/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1913

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1913, publicado no dia 05/12/2019.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Notícia   17/11/2019 - por Alan Zeidan

TMA-RJ na liderança parcial em novembro

Mantendo o élan, ao atingir meados de novembro, a TMA-RJ está com uma curiosa marca.

Em termos de disponibilidade online, SBWJ_APP encontra-se na segunda posição. O que chama a atenção é o primeiro colocado temporário: SBGL_TWR. Com mais de 44 horas de controle, a "Torre Galeão" está se destacando dentre todas as posições ATC brasileiras.

Agregando SBGL_TWR e SBWJ_APP, a TMA-RJ manteve uma disponibilidade de 83 horas de controle, uma ótima marca! 

A Equipe Rio 50º congratula os controladores que quarneceram a Torre da "Casa do Maestro" nesta primeira quinzena de novembro e aproveita para convidar os comandantes a prestigiar a "TMA da Cidade Maravilhosa".


Operações   09/11/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1912

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1912, publicado no dia 07/11/2019.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Evento   06/11/2019 - por Alan Zeidan

R50 no Worldflight australia 2019 - Debriefing

Uma palavra resume tudo: INCRÍVEL!

Considerando pousos e decolagens, a TMA-RJ controlou nada menos que 94 tráfegos!

Apesar de alguns percalços no início, todos os tráfegos foram atendidos e a setorização, mais uma vez, mostrou-se não apenas eficaz, mas principalmente fundamental.

Diferentemente da programação dos organizadores do evento, as aeronaves começaram a chegar à TMA em torno de 09h30, uma hora e meia antes do previsto, o que pegou toda a equipe desprevinida, haja vista que o Projeto havia coordenado com os controladores o guarnecimento às 10h, uma hora antes do ETA, que era para começar às 11h05.

O surpreendente foi perceber que havia toda uma estrutura de controladores estrangeiros já guernecendo toda a pilha ATC da TMA-RJ, com uma setorização atípica. Com a chegada dos controladores do R50, foram cedendo as posições, atitude muito apreciada.

Enfim, o R50 rapidamente assumiu o serviço e começou a implantar uma verdadeira engenharia de tráfego, haja vista que muitos tráfegos encontravam-se muito próximos de outros.

A "Casa do Maestro" operava em seu padrão principal, com a pista 15 para pousos e a 10 para decolagens. Inicialmente, tentou-se manter a STAR EPGIP 2A, mas a proximidade dos tráfegos tornou impossível sua execução com segurança.


Tentando manter tráfegos na STAR
(Clique na imagem para ampliar)

A próxima decisão crítica foi iniciar órbitas de espera no VOR de Barra do Piraí (PAI), colocando as aernaves em "prateleiras" separadas verticalmente entre si por 1.000 ft. À medida que se conseguia mais separação, os tráfegos da prateleira foram sendo paulatinamente liberados para SBGL, sendo transferidos em série para a "Aproximação Rio" (SBWJ_F_APP). Aliás, merece destaque o desempenho da "Aproximação Rio", que teve de implementar várias manobras heterodoxas para aproximação, tendo de "encaixar" com dinamismo os tráfegos que vinham da prateleira ou direto do fixo EPGIP. Foi uma verdadeira obra de arte!


Prateleira em PAI
(Clique na imagem para ampliar)

Com a assunção do Centro Curitiba pelas mãos seguras de Paulo Silvestre (VATBRZ), aos poucos a separação entre as aeronaves permitiu encerrar a prateleira em PAI, passando para o que a Equipe do Rio 50º apelida de "Carrossel": Tráfegos em sequência, executando uma semicircunferência e partindo para a aproximação: As aeronaves continuaram sendo vetoradas para PAI, a partir do qual navegavam ligeiramente para o norte e executavam um arco para lesta, invertendo a proa para o sul, em direção a SBGL, sendo transferidos para SBWJ_F_APP no FL090. A esta altura, a TMA-RJ contava com uma média de 13 a 14 tráfegos simultâneos no ar!


"Carrossel" após PAI
(Clique na imagem para ampliar)

Quando tudo parecia estar entrando na rotina, mais uma novidade: o vento rondou e SBGL passou para o segundo padrão: Pousos pela pista 28 e partidas pela 33. Os tráfegos saindo do "carrossel" em direção à 15 passaram a ser vetorados por SBWJ_F_APP para a 28. Diante do expressivo número de aeronaves no solo, já na cabeceira da 10, foi necessária uma intensa coordenação entre a Torre Galeão e a Aproximação Rio, intercalando pousos e decolagens na mesma pista e em sentidos opostos!

Neste novo cenário, graças à agilidade e tirocínio de Torre (TWR) e Solo (GND) Galeão, os tráfegos em solo foram rapidamente redirecionados para a pista 33, mitigando em pouco tempo as interferências entre pousos e decolagens.


Tentando manter tráfegos na STAR
(Clique na imagem para ampliar)

Algumas observações interessantes em torno de 10h40:

  • A pilha ATC estava toda nas mãos de controladores do R50: DEL, GND, TWR, F_APP e APP;
  • O fluxo de pousos e decolagens estava fluindo bem; e
  • A quantidade de observadores era significativamente maior que a de controladores: 7 observadores internacionais, 2 supervisores e o Diretor da VATSIM Pacific.

Então, em torno de 11h49, era hora da segunda fase: As decolagens em massa! Havia dezenas de aeronaves no pátio solicitando aprovação de plano de voo. SBGL_DEL, SBGL_GND e SBGL_TWR fizeram suas mágicas: Planos de voo aprovados em ritmo acelerado, táxis agilizados e decolagens a cada 30 segundos, a pedido dos organizadores do evento, haja vista a quantidade absurda de tráfegos no solo e o cronograma do evento.


Decolagens em massa
(Clique na imagem para ampliar)

Os tráfegos seguiam para Salvador (SBSV) por duas rotas, uma passando pelo fixo IMBAP, a nordeste, e a principal, conforme definida no plano de rotas oficial do evento, por TISVA, a leste, que, certamente, tornar-se-ia um ponto focal de congestionamento. Decolagens a cada 30 segundos tacitamente impossibilitam o emprego de SID. Aí, mais uma vez, entrou a experiência de SBWJ_F_APP: Todas as saídas foram sob vetoração radar e, para as rotas por TISVA, determinou saídas por leste (curvas à direita logo após a decolagem) e por oeste (curvas à esquerda após a decolagem).

Mesmo assim, SBWJ_APP precisou interferir em algumas partidas para evitar alguns conflitos.

Em torno de 13h26, praticamente todos os participantes do evento já se encontravam sob o competente controle do Centro Curitiba, o que sinaliza o fim da segunda participação do Projeto Rio 50º no evento Worldflight Australia, edição de 2019.

A Equipe Rio 50º presta aqui um reconhecimento e uma homenagem aos controladores que assumiram o compromisso de participar e se desdobraram para guarnecer e fazer deste evento um sucesso:

  • Diego Andrade (Futuro controlador do R50): SBGL_TWR e SBGL_GND
  • Paulo Silvestre (VATBRZ): SBCW_CTR
  • Guilherme Trancoso (Ex R50): SBGL_DEL e SBGL_TWR
  • Nathan Cruz (R50): SBWJ_F_APP
  • Renan Agondi (R50): SBGL_TWR
  • Alan Zeidan (R50): SBWJ_APP

Para fechar com chave de ouro, seque um vídeo em time lapse da tela radar de SBWJ_APP, uma perspectiva que dá uma dimensão da magnitude do evento. 


Panorâmica do evento
(Selecione tela inteira e qualidade 1080p)

Para o ano que vem, os ensinamentos colhidos serão essenciais para contornar os reveses detectados.

Worldflight australia, vemo-nos em 2020.


Evento   25/10/2019 - por Alan Zeidan

Rio 50º no Worldflight Australia 2019

Worldflight Australia é uma organização que realiza tours mundiais de voos virtuais na VATSIM, com o intuito de levantar recursos para a The Royal Flying Doctor Service, uma das maiores e mais abrangentes organizações aeromédicas do mundo, dedicada à prestação de serviço médico primário e de emergência em uma área de 7,69 milhões de quilômetros quadrados.

Em 2018, a nossa "Casa do Maestro" (SBGL) foi selecionada como uma das escalas. Na ocasição, o Projeto Rio 50º guarneceu a TMA-RJ para assessorar a chegada e partida dos tráfegos, com o privilégio de gerenciar uma quantidade interessante de tráfegos.

Na edição de 2019, não será diferente.

O Projeto foi convidado pela VATBRZ para, mais uma vez, prestar serviço ATC aos comandantes partícipes da revoada mundial, com ênfase no guarnecimento do APP Rio e de SBGL.

Conforme o cronograma disponibilizado no website do Worldflight Australia, a etapa Galeão está prevista para o dia 05/11/2019 (Terça-feira), com chegada estimada para 1405Z (11h05, Horário Oficial de Brasília) e partida para 1455Z (11h55, Horário Oficial de Brasília), destino Salvador.


Clique na imagem para ampliar o mapa de rotas

Prioridade de posições a guarnecer:

  1. SBWJ_APP
  2. SBGL_TWR
  3. SBGL_GND

Diante da programação de pousos e decolagens, recomenda-se iniciar o serviço ATC a partir de 10h00, Horário Oficial de Brasília, permanecendo onliine até a partida do último tráfego integrante do evento.

Os controladores ativos no ranking e interessados em controlar durante o evento devem agendar suas posições no sistema de Agendamentos disponível no website do nosso Projeto entre os dias 01 e 03 de novembro.

Participe! Quanto mais controladores e tráfegos, maior a diversão para todos.


Notícia   19/10/2019 - por Alan Zeidan

Projeto Rio 50º : 3.000 tráfegos movimentados

Neste mês de outubro, o Projeto Rio 50º superou a significativa marca de 3.000 tráfegos controlados!

A contagem considera todos os tráfegos que estiveram dentro de um espaço controlado por um integrante do projeto.

Considerando que iniciamos nossas atividades no dia 15 de junho de 2015, 3.000 tráfegos representam uma média diária de cerca de 1,9 tráfego por dia. Nada mal para um grupo de poucos amigos que se dedicam por pura paixão pela arte de controlar tráfego aéreo.

Sob a ótica do número de integrantes efetivamente atuantes, em torno de dez ao longo deste período de quatro anos e um trimestre, chegamos a uma expressiva média de cerca de 300 tráfegos por controlador.

E não paramos por aqui. Continuaremos atuando sempre com o intuito de aliar diversão, qualidade no serviço e contribuição para a evolução da simulação de voo e de controle de tráfego aéreo no mundo VATSIM.

A Equipe Rio 50º parabeniza todos os controladores que tornaram este feito possível. Que o novo sistema de áudio sirva como um importante estímulo para motivar nosso pessoal a participar cada vez mais do nosso Projeto Rio 50º.


Evento   13/10/2019 - por Alan Zeidan

Projeto Rio 50º participa do evento Crossing South

Foi realmente animado o evento!

Na tarde do último sábado, durante o evento Crossing South, o Projeto Rio 50º teve a oportunidade de controlar uma TMA-RJ com bastante movimento, algo raro ultimamente.

E o agito se deu em dois aspectos, tanto sob a ótica de número de tráfegos como pela cobertura ATC. 


Tráfegos do evento chegando à TMA-RJ
(Clique na imagem para ampliar)

Primeiro, os protagonistas de todos os eventos: nossos estimados comandantes. Ao todo, a sessão contou com 22 tráfegos, sendo 9 deles integrantes do evento, destacados em vermelho:

Callsign Nome
PRMMS Martim Mauricio dos Santos SBGR
VPCBB Ilya Makarov UUEE
GOBAK Jobson Souza SBMT
ARG1802 Santiago Ziella SABE
AZA27MD Serge Morabito EBBR
TAM89F Cobbaert Samuel EBBR
AZA8673 Achim Zentner LFSB
UPS67L Brian Vink EHAM
KLM250 Julian Colder EHAM
AZA21R Nathaniel Regan EHAM
KLM125 Eline Ockhuysen EHAM
AAL7210 Thomas Michel
NOV028 Douglas Vasconcelos SBGO
BAW249 Jason Wright EGLL
DLH500 Tristan Hancock LSZH
BAW463 Karim Shahwan
GLO1062 Henrique Bonacina SBPA
VSP1270 Paulo Godoi
DLH501 Tristan Hancock LSZH
BAW248 Jason Wright EGLL
PT-EAG Edvar Galvao sbgr
GLO2024 Henrique Bonacina SBPA

Quanto à cobertura ATC, graças ao inestimável apoio do staff da Equipe VATBRZ, não apenas proveu-se um full ATC, mas, após muitos anos, a "pilha" ATC ficou completa. Os tráfegos puderam desfrutar de todas as transferências possíveis, contando com as posições Tráfego (DEL), Solo (GND), Torre (TWR), Aproximação (APP) e dois Centros (CTR). Não apenas os pilotos curtiram, mas também os controladores, que puderam vivenciar do máximo possível da simulação, praticando intensamente a imprescindível coordenação entre posições ATC.


Tela de SBWJ_APP
(Clique na imagem para ampliar)


Posição ATC Nome
SBAO_FSS Luis Henrique
SBCW_CTR Paulo Silvestre
SBWJ_APP Alan Zeidan
SBGL_TWR Antonio Junior
SBGL_GND Ramon Ferreira e Bruno Veiga
SBGL_DEL Cleber Amaral



Tela de SBGL_TWR
(Clique na imagem para ampliar)

Enfim, em cerca de 5 horas de duração, o Crossing South proporcionou aos participantes muita diversão.

O Projeto Rio 50º congratula todos os participantes e aproveita o ensejo para parabenizar penhoradamente à Equipe VATBRZ pelo guarnecimento de várias posições ATC importantes ao evento. Oxalá os próximos sejam coroados com o mesmo sucesso.


Evento   02/10/2019 - por Alan Zeidan

Evento Crossing South - 12 de outubro

No próximo dia 12 de outubro, a VATSIM Itália, em parceria com a VATSIM Brasil, conduzirá o evento Crossing South, tendo como destino a TMA-RJ.

Os tráfegos decolarão de Roma (LIRF), com ETD a partir de 1030Z (07h30 Horário Oficial de Brasília).

Os pousos estão previstos para o Galeão (SBGL), com as chegadas estimadas a partir de 2030Z (17h30 Horário Oficial de Brasília).

O Projeto Rio 50º foi convidado a participar, guarnecendo o máximo possível de posições ATC de interesse: SBWJ_APP, SGL_TWR e SBGL_GND. O guarnecimento terá início às 2000Z (17h00 Horário Oficial de Brasília), com estimativa de permanência máxima de 5 horas (até 22h00 Horário Oficial de Brasília).


Inscrições

Os controladores ativos no ranking e interessados em controlar durante o evento devem:

  1. Preencher o formulário de inscrição. Clique aqui para acessar o formulário de inscrição; e
  2. Agendar suas posições no sistema de Agendamentos do nosso Projeto entre os dias 08 e 10 de outubro.

Contamos com a presença de todos para abrilhantar o evento.


Operações   21/09/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de cartas IAC de SBGL e SID de SBRJ

Em 12/09/2019, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, atualização para a Carta de Aproximação por Instrumentos (IAC) VOR Y RWY 15, que atende ao aeródromo do Galeão, bem como a nova Carta de Saida (SID) RNP (AR) EVSOB 1B do aeroporto de Santos Dumont.

As alterações na carta VOR Y RWY 15 referem-se a ajustes de destaque visual de algumas áreas, sem relevância ao serviço de Controle de Tráfego Aéreo.

As novas cartas podem ser baixadas da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Operações   13/09/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1910

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1910, publicado no dia 12/09/2019.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Artigo   30/08/2019 - por Alan Zeidan

A "Saída Rasa"

Nas decolagens do "Pioneiro" (SBRJ) e da "Casa do Maestro" (SBGL), é comum receber do "Controle Rio" uma Saída por Instrumentos Padrão (SID) apelidada de "Saída Rasa". O problema surge quando, ao consultar o rol de cartas SID, o comandante com pouca ou sem experiência de voo IFR a partir destas localidades simplesmente não as encontra, dando a impressão de que ou seu kit de cartas está incompleto ou que entendeu erradamente a informação transmitida pelo controlador ou ainda que o controlador se equivocou.

As SID de SBRJ e de SBGL chamadas de "Saída Rasa" são as identificadas pelas letras IH. Recebem este "apelido" porque passam pelo NDB IH, instalado no farol da ilha Rasa, que lhes empresta o nome.

A ilha Rasa encontra-se a cerca de 10 km ao sul da barra (entrada) da baía de Guanabara.

Além da estação NDB, o farol comporta também uma estação DGPS e um farol luminoso para navegação marítima.

A imagem à esquerda ilustra a construção onde se encontram instaladas as facilidades citadas.

Portanto, quando, por exemplo, receber do "Controle Rio" a "Saída Rasa Uno Charlie", o piloto deve selecionar a SID IH 1C.

Em contrapartida, recomenda-se aos controladores que guarnecem o APP Rio (SBWJ_APP) que evitem usar a expressão "Rasa Departure" para os tráfegos estrangeiros. Se, para alguns tráfegos nacionais, este detalhe ja causa alguma dúvida, quiçá quanto aos comandantes de outros países que prestigiam a TMA-RJ, sendo a língua mais um dificultador para os devidos esclarecimentos.


Operações   21/08/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de cartas IAC de SBGL e ADC de SBRJ

Em 15/08/2019, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, atualização para a Carta de Aproximação por Instrumentos (IAC) RNAV (GNSS) Z RWY 15, que atende ao aeródromo do Galeão, bem como a Carta de Aeródromo (ADC) do aeroporto de Santos Dumont.

As alterações referem-se a ajustes mínimos de frequências, nomenclaturas de pátios e destaque visual de algumas áreas, importantes aos pilotos mas sem relevância ao serviço de Controle de Tráfego Aéreo.

As novas cartas podem ser baixadas da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Operações   15/08/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1909

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1909, publicado no dia 18/07/2019.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Operações   19/07/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1908

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1908, publicado no dia 18/07/2019.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Notícia   01/07/2019 - por Alan Zeidan

Cobertura ATC da TMA-RJ em junho

A cobertura ATC mensal na TMA-RJ permanece com considerável disponibilidade!

Com mais de 72 horas de serviço, a TMA-RJ manteve mais uma vez o topo no ranking de posições ATC na VATSIM Brasil em junho.

Apesar de uma queda em relação a maio, os expressivos volumes de horas de controle da TMA-RJ nos últimos meses indicam que a TMA carioca começa a apresentar uma consistência importante, servindo como um atrativo para a visita de mais tráfegos.

A marca é quase o triplo do segundo colocado, o que a torna ainda mais significativa.

A Equipe Rio 50º parabeniza os controladores que vêm constribuindo para evidenciar a Terminal e aproveita o ensejo para refazer o convite a todos os comandantes para voar na TMA-RJ.


Operações   24/06/2019 - por Alan Zeidan

Melhorias no arquivo "alias" para a TMA-RJ

Na semana passada, foi disponibilizada para download a publicação R50-5 - "Aliases" do EuroScope para emprego na TMA-RJ".

A grande quantidade de comandos "alias" tornou necessário consultar frequentemente o arquivo "alias" de forma manual, para relembrar os parâmetros de cada comando. Assim, seria difícil localizar um comando específico dado o volume de dados. Embora a versão disponibilizada tivesse explicações para cada comando, as informações não estavam bem estruturadas, dificultando a busca e o entendimento da funcionalidade de cada comando, consequentemente, prejudicando seu aproveitamento.

Com o intuito de otimizar o emprego dos comandos "alias", o R50-5 foi rapidamente revisado e recebeu as seguintes melhorias:

  • Arquivo de alias (R50-5_Alias.txt):
    • Inseridas instruções sobre o formato de um comando alias e sobre os comandos disponíveis;
    • Aperfeiçoadas as explicações junto a cada comando alias, permitindo um melhor entendimento de seus parâmetros; e
    • Efetuadas correções e melhorias importantes em alguns comandos.
  • Guia de Acesso Rápido (R50-5_Alias_Guia-rapido.pdf):
    • Resumo de todos os comandos alias, organizados em situações de emprego e com consulta facilitada por links. Agiliza a localização de um comando e de seus parâmetros.

Os controladores que baixaram o R50-5, na semana passada, devem fazer o download desta versão e descartar a versão anterior.

Durante o serviço ATC, recomenda-se manter o arquivo R50-5_Alias_Guia-rapido.pdf aberto, com zoom de largura de página, o que melhora os resultados dos apontamentos dos links.

O R50-5 está disponível para download na seção OPERAÇÕES > RECURSOS DE APOIO do site do Projeto Rio 50º.


Operações   18/06/2019 - por Alan Zeidan

Arquivo "alias" para a TMA-RJ

Um arquivo "alias" contém mensagens padronizadas para emprego em comunicação por texto no software de controle EuroScope.

É chamado de "alias" porque uma mensagem inteira de texto pode ser rapidamente inserida bastando digitar um pequeno conjunto de caracteres, funcionando como um apelido (em inglês, "alias").

Principais utilidades dos "aliases":

  • Rapidez: Enviar mensagens longas rapidamente, sem a necessidade de digitar todo o texto;
  • Clareza: Evitar erros de digitação; e
  • Multilinguismo: Transmitir mensagens em diferentes línguas.

Aproveitando esta funcionalidade do EuroScope e visando a otimizar a operação dos controladores do Projeto Rio 50º por texto, temos a satisfação de disponibilizar o R50-5 - Arquivo alias do EuroScope para emprego na TMA-RJ

Além de conter os "aliases", o arquivo contém instruções que explicam seu funcionamento e descrevem, em linguagem clara, como como empregá-los.

O R50-5 está disponível para download na seção OPERAÇÕES > RECURSOS DE APOIO


Notícia   09/06/2019 - por Alan Zeidan

TMA-RJ recebe um bom movimento em 08/JUN

8 de junho, uma cálida noite de sábado. A Terminal da Capital Mundial do Samba, como de praxe nas noites de praticamente todos os dias das últimas semanas, encontra-se online.

Após uma hora e meia de serviço com pouco tráfego, eis que, repentinamente, a "bateria da escola de samba" da terminal se agita! Cerca de 23h 16min, Horário Oficial de Brasília (HOB), os principais aeródromos, o "Pioneiro" SBRJ e a "Casa do Maestro" SBGL, recebem novas conexões para partida. Ao todo, a Terminal está gerenciando 6 tráfegos simultâneos (o UAL128, ao norte de ENSOD, estava sob controle momentos antes da screenshot).

Meia hora depois, o cenário muda, agora com aeronaves chegando, ambas pela STAR EPGIP 2A transição AKNUB, para nosso querido Galeão.

Com tráfegos por texto e por voz, em português e em inglês, a Terminal fica agitada por cerca de uma hora!

Dando continuidade à evolução da escola na avenida, o "Controle Rio" (SBWJ_APP) com estimativa inicial de encerrar seu serviço às 23h30, detecta, pelo VatSpy, um tráfego oriundo de Santiago (Chile), com previsão de pouso aos 30 minutos do dia seguinte, ou seja, uma hora após o término esperado. Sem pestanejar, o controlador estende seu serviço para atender ao tráfego, tanto para poder desfrutar da satisfação de realizar mais uma orientação ATC como também para ter a oportunidade de informar ao tráfego o horário de seu próximo serviço, previamente agendado no site.

Embora seja a primeira leitura, este testemunho pode representar um "feedback" do esforço demandado pelos controladores do Projeto Rio 50º para manter a Terminal online praticamente durante todas as noites. Com o tempo, espera-se que os comandantes venham a  perceber a disponibilidade da TMA e passem a prestigiar mais frequentemente o espaço aéreo carioca, na confiança de contar com um serviço ATC de qualidade, o que engrandece a experiência do voo online e, paralelamente, proporciona diversão aos controladores, razão máter da existência da VATSIM.

Continuaremos nos esforçando para manter uma alta disponibilidade da TMA-RJ. Esperamos que, aos poucos, mais e mais comandantes tomem ciência da permanência online do "Controle Rio" e venham enfrentar as complexidades da "Terminal da Cidade Maravilhosa" com mais frequência, estimulando o crescimento de um ciclo virtuoso, com mais tráfegos chamando mais controladores, que chamam mais tráfegos.

... e o "tráfego da meia noite" tocou a 15 da "Casa do Maestro" à 01h 02min, quase uma hora e meia depois do previsto pelo controlador para encerrar seu serviço.

A espera foi recompensada, constatada pelo reconhecimento da qualidade do serviços pelo comandante, via texto:

Este é o espírito! Prover serviço com o máximo de qualidade e disponibilidade para conquistar adeptos e, consequentemente, estimular o movimento na TMA-RJ e na VATSIM Brasil.


Notícia   31/05/2019 - por Alan Zeidan

TMA-RJ lidera ATC no Brasil em maio

E continuamos com desempenho elevado!

Com mais de 118 horas de serviço, a TMA-RJ alcançou o primeiro lugar no ranking de posições ATC na VATSIM Brasil, mantendo-se no TOP 3 em maio.

O maior colaborador desta vez foi Silvio Pereira, com a impressionante marca de 46 horas e 19 minutos.

O volume de horas de controle da TMA-RJ continua ascendente desde fevereiro, propiciando um espaço aéreo controlado com alto grau de disponibilidade aos tráfegos que voam pelo Brasil.

Aproveitamos o ensejo para manter o convite a todos os comandantes para voar pela "Terminal da Cidade Maravilhosa".


Artigo   30/05/2019 - por Alan Zeidan

Separação nas decolagens de SBGL

O serviço de todo controlador é fundamentado em três diretrizes básicas: Ordenamento, agilidade e segurança. Indubitavelmente, de todos os tópicos, o quesito segurança é o mais importante.

No atual mundo globalizado, as demandas político-econômicas pela dinamização dos transportes é uma tônica, sendo flagrantes as exigências no setor aéreo. A cada dia, cobra-se mais rapidez nos despachos de voo, com pressões que forçam a mínima permanência em solo, decolagens imediatas e voos sem esperas.

Todavia, a precaução com a segurança está sempre presente, em uma interminável batalha contra a eficiência. De fato, rapidez em excesso pode fazer com que não se chegue nunca ao destino, o que justifica o extenso arcabouço de regras de segurança aeronáutica, muitas delas incluídas nas regras de controle de tráfego aéreo.

Neste diapasão, este breve artigo atém-se a relembrar a importância da separação entre tráfegos na decolagem. Na última quarta-feira (29), a TMA-RJ foi agraciada com quatro tráfegos no solo da "Casa do Maestro" (SBGL). Três delas seguiam para Afonso Pena (SBCT) e uma para Congonhas (SBSP).

A ansiedade natural, que afeta tanto os comandantes quanto os controladores, impele estes a liberar decolagens com intervalos curtos, podendo ocasionar conflitos indesejáveis na saída da TMA.

20 milhas náuticas são uma separação horizontal confortável entre aeronaves dentro de uma TMA, permitindo ao controlador coordenar chegadas, aproximações e arremetidas. A experiência de controle na TMA-RJ indica ser suficiente um intervalo de 3 minutos entre decolagens. No ambiente de simulação da VATSIM, isto se torna mais importante, na medida em que podem ocorrer congelamentos de simulação e pausas inadvertidas, acionadas por pilotos inexperientes na rede.

Para o Galeão, especificamente, além dos 3 minutos, o ideal é autorizar uma nova decolagem após o tráfego recém decolado curvar, saindo do alinhamento da pista. Uma "regra de ouro" que abrange os dois requisitos citados é solicitar ao comandante que "acuse cruzando 5.000 ft", altura e tempo usualmente suficientes para os 3 minutos de intervalo entre decolagens e para a aeronave sair do alinhamento da pista. Seguir estas orientações, dentro do possível, propiciará uma separação mínima de 20 MN entre tráfegos partindo para o mesmo destino, ainda que cumprindo a mesma saída. A imagem abaixo ilustra o resultado desta técnica, com três aeronaves em voo separadas entre si por cerca de 25 MN e a quarta no táxi:


Operações   26/05/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1906

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1906, publicado no dia 23/05/2019

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Administração   24/05/2019 - por Alan Zeidan

Avaliação de participação - 2019

Estamos efetuando uma avaliação sobre a participação dos controladores ativos, com o propósito de manter, no quadro de controladores, os que efetivamente estão atuando, de modo a garantir uma maior credibilidade da disponibilidade da TMA-RJ online para os tráfegos.

Todos os controladores devem verificar seus endereços eletrônicos de cadastro no Rio 50º e responder caso tenham recebido um e-mail solicitando informações. Os que não receberam o e-mail podem continuar suas operações normalmente.

Não deixem de verificar a caixa de SPAM.

Aos que controlam eventualmente, concitamos a incrementar seus tempos de controle, para que ofereçamos uma maior disponibilidade de serviço ATC aos nossos comandantes.


Notícia   15/05/2019 - por Alan Zeidan

TMA-RJ em busca do Iron Mic

Nas últimas semanas, nossa TMA-RJ vem aumentando gradativamente seu tempo de guarnecimento.

Esta maior disponibilidade é evidenciada por resultados paulatinamente melhores em alguns rankings de posições ATC.

Uma delas, o ranking da página principal do site da VATSIM BRASIL. De fevereiro a abril de 2019, o tempo de controle agregado de SBWJ_APP vem crescendo, atingindo primeiro 24h 16min, passando para 39h 23min em março e alcançando a expressiva marca de 74h 48min em abril!

 

Diante de uma evolução tão pujante, passou-se a monitorar o desempenho da TMA da Cidade Maravilhosa no ranking Iron Mic da VATSIM mundial.

Na semana 18, com apuração de 00:01 de 29 de abril a 23:59 de 5 de maio, SBWJ_APP alcançou a 13ª colocação, com 20h 57min de serviço.

Já na semana seguinte (19), que considerou o tempo online de 00:01 de 6 de maio a 23:59 de 12 de maio, SBWJ_APP realizou 45h 44min de serviço, um aumento de cerca de 118% de uma semana para outra!

A constatação de um aumento tão significativo na disponibilidade da Terminal leva à persecução de duas metas: uma delas é conquistar o Iron Mic. Outra, mais importante, é tornar a "Terminal da capital mundial do samba" em um destino com serviço ATC mais frequentemente disponível aos comandantes, o que, com o tempo, deve estimular mais movimento na TMA, proporcionando, em contrapartida, mais atividade e diversão aos controladores.

Por ora, o momento é de comemoração pelos resultados alcançados.

A Equipe Rio 50º parabeniza todos os controladores que contribuíram para a conquista das marcas, ensejando que a dedicação continue para que as metas sejam superadas.


Artigo   04/05/2019 - por Alan Zeidan

Uma armadilha do EuroScope

Recentemente, estava voando de SBSP para SBRJ, via W53, em um ambiente sem tráfego nenhum.

A fluidez e a rapidez fluíam às mil maravilhas até a transferência do Controle São Paulo para o Centro Curitiba, que estava acumulando o Serviço de Controle de Aproximação (APP) no Rio de Janeiro.

Após a transferência, o Centro Curitiba definiu a chegada (STAR) EVRIR 1B. Embora a chegada exista e tenha sido compatível com a pista em uso no Santos Dumont, sua trajetória implicava um alongamento demasiado, levando-se em conta que não havia nenhum outro tráfego nas imediações que justificasse um procedimento mais alongado. A trajetória levava a seguir para o setor leste da baía de Guanabara, sendo que vinha de oeste. A chegada mais apropriada seria a STAR UGRAD 1B transição VUREP, especificamente criada para tráfegos convencionais vindo de oeste, entregando direto para SBRJ.

Então, como explicar a adoção da STAR EVRIR 1B?

A explicação é simples! O EuroScope, software de controle amplamente empregado pelos controladores, tem a facilidade de sugerir procedimetos SID e STAR, de acordo com as pistas em uso definidas pelo controlador. A intenção óbvia desta funcionalidade é a de sugerir ao controlador, rapidamente, um procedimento para orientar o tráfego. A nuance reside no critério adotado pelo EuroScope para selecionar o procedimento.

Independentemente do critério que adota, se alfabético ou pela sequência das descrições dos procedimentos em suas configurações, o fato é que o EuroScope não seleciona o procedimento para o caminho mais curto. No caso específico do voo que fazia, o resultado foi um aumento significativo do tempo de voo, redundando em atraso totalmente desnecessário.

Como todo controlador sabe, seu propósito repousa em dois pilares: segurança e agilidade! Em outras palavras, prover um fluxo de tráfegos que seja seguro e ÁGIL, mitigando a perda de tempo. No caso em tela, a decisão do Centro Curitiba provavelmente baseou-se  na sugestão do EuroScope, que, inadvertidamente, contrariou os pilares citados.

Em contrapartida, o Projeto Rio 50° disponibiliza a seus controladores a Folha de Bolso Online, cuja concepção contempla os preceitos de segurança e agilidade.

Em face do exposto, reitera-se aos controladores do Projeto Rio 50° a adoção da Folha de Bolso Online em seus serviços, tanto para STARs como para SIDs e IACs.


Notícia   30/04/2019 - por Alan Zeidan

TMA-RJ No TOP 3 em Abril de 2019

Em abril, a TMA-RJ surpreendeu novamente!

Com quase 75 horas de controle, a TMA-RJ manteve-se no TOP 3 das posições com o maior tempo de serviço em abril.

Merece destaque a participação de Renan Agondi, com expressivas 17 horas e 46 minutos de controle.

O volume de horas de controle da TMA-RJ, ao longo de abril, é quase o dobro do alcançado no mês anterior, uma marca significativa e que reforça a percepção de que a "Terminal da Capital Mundial do Samba", com contrastes que envolvem desde o "dedo de Deus", na serra da Mantiqueira, até a "boca da barra", ao nível do mar, na entrada da baía de Guanabara, aos poucos vai estimulando a movimentação de tráfegos sequiosos de enfrentar os desafios da Terminal carioca.

E continuamos convidando todos os comandantes a encarar os desafios.


Operações   27/04/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de cartas para SBGL e SBRJ

Em 25/04/2019, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, novos pacotes de cartas aéreas para os aeroportos Galeão e Santos Dumont, correspondentes à atualização do ciclo 1905 do AIRAC.


1. Alterações para a "Casa do Maestro" (SBGL)

  • Cartas SID:
    • Canceladas:
      • LIXEP 1B RWY 28/33.
      • NIBGU 1B RWY 28/33.
    • Novas (substituem as canceladas):
      • KOTLI 1A, 1B RWY 28/33.
    • Atualizadas:
      • EVRAD 2B, 2C RWY 10/15.
      • RNAV PUMSO 2A RWY 15.
  • Cartas IAC:
    • Canceladas:
      • ILS T OR LOC T RWY 15.
      • ILS V OR LOC V RWY 15.
      • ILS W OR LOC W RWY 15.
      • ILS X OR LOC X RWY 15.
      • RNAV(RNP) X RWY 15.
    • Novas:
      • ILS R OR LOC R RWY 15.
      • ILS S RWY 15.
      • RNAV(GNSS) W RWY 33.


2. Alterações para o "Pioneiro" (SBRJ)

  • Cartas SID:
    • Cancelada:
      • IH 1B RWY 02R/02L.
    • Nova (substitui a cancelada):
      • IH 2B RWY 02R/02L.
  • Cartas STAR:
    • Atualizadas:
      • RNAV UGRAD 2A RWY 02/20.
      • RNAV UGRAD 2C RWY 02/20.
  • Cartas IAC:
    • Canceladas:
      • RNAV(GNSS) A RWY 20L.
      • RNAV(GNSS) Y RWY 20L.
    • Novas (substituem as canceladas):
      • RNAV(GNSS) D RWY 20L.
      • RNAV(GNSS) E RWY 20L.


A Folha de Bolso Online da TMA-RJ, disponível no site do R50, já está atualizada para as alterações supracitadas.

As novas cartas podem ser baixadas da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Operações   25/04/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1905

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1905, publicado no dia 25/04/2019

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Operações   13/04/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de cartas para SBGL, SBRJ e SBAF

Em 28/03/2019, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, novas cartas aéreas para os aeroportos Galeão e Campo dos Afonsos, correspondentes à atualização do ciclo 1904 do AIRAC.

Aproveitando o ensejo, a Equipe do Projeto Rio 50º decidiu fazer uma revisão geral de cartas SID, STAR e IAC dos aeroportos Galeão e Santos Dumont, tomando como base os róis de cartas disponibilizados no AISWEB.


1. Alterações para a "Casa do Maestro" (SBGL)

  • Cartas STAR canceladas:
    • GIGSO 1B RWY 10/15.
    • TODAB 1B RWY 10/15.
    • VAKUB 1B RWY 28/33.
  • Cartas IAC canceladas:
    • ILS V OU LOC V RWY 10.
    • RNAV (GNSS) U RWY 14.
  • Novas cartas STAR:
    • RNAV MEBGA 1A RWY 10/15.
    • RNAV UTBOM 2A RWY 10/15.


2. Cartas SID do "Pioneiro" (SBRJ) canceladas

  • RNP(AR) EVSOB 1A RWY 02/20.
  • RNP(AR) EVSOB 1B RWY 02/20.


3. Novas cartas IAC para Afonsos (SBAF)

  • NDB W RWY 26.
  • RNAV (GNSS) A RWY 26.


A Folha de Bolso Online da TMA-RJ, disponível no site do R50, já está atualizada para as alterações supracitadas.

As novas cartas podem ser baixadas da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Notícia   31/03/2019 - por Alan Zeidan

TMA-RJ Top 1 na VATSIM Brasil em Março de 2019

Com 39 horas de controle, No mês de março de 2019, a TMA-RJ ficou em PRIMEIRO lugar, superando a tradicional e movimentada TMA São Paulo:

Esta marca atesta o esforço dos controladores ao longo do mês, destacando a Terminal e servindo como um estímulo para continuarmos evoluindo cada vez mais.

E continuamos guardando todos os comandantes na "TMA da Capital Brasileira do Samba".


Operações   29/03/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1904

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1904, publicado no dia 28/03/2019

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Notícia   14/03/2019 - por Alan Zeidan

Galeão na vida Real: APRON Control

Dentro dos nossos conhecimentos no controle virtual, um dos pontos doutrinários é que o movimento em solo é atribuição do chamado "GROUND". Sabemos também que, na falta do "Solo", o servço é acumulado pela "Torre" (TWR).

Na vida real, isto também acontece!

Na nossa "Casa do Maestro", ou formalmente chamado Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, o nosso querido Galeão, até pouco tempo, este serviço era prestado pela Torre (TWR).

Desde julho de 2016, o controle da movimentação das aeronaves no pátio do Galeão não é mais realizado pela Torre, mas por uma célula de operações exclusivamente dedicada ao serviço, operada pelo administrador aeroportuário. A iniciativa tem nome: Apron Control. Apron é a terminologia aeronáutica, em inglês, usada para designar um pátio de aeródromo. Expresso na Instrução do Comando da Aeronáutica que regulamenta os Serviços de Tráfego Aéreo (ICA 100 – 37), o chamado Serviço de Controle de Pátio “tem por finalidade gerir a movimentação de aeronaves, veículos, equipamentos e pessoas no pátio de um aeródromo.”

Embora não traga alterações na rotina dos serviços ATC virtuais, a realidade serve para reforçar a correção da doutrina praticada tanto na VATSIM quanto no Projeto Rio 50º.

Mais detalhes no blog SOBEVOO, disponível em https://www.decea.gov.br/blog/?p=1304.


Notícia   08/03/2019 - por Alan Zeidan

A TMA-RJ na VATSIM Brasil em Fevereiro de 2019

Em uma retomada dos tempos de glória, a Divisão Brasil da VATSIM tem tido o privilégio de receber iniciativas de grupos de controladores motivados a manter o "fogo sagrado" do serviço ATC.

Em particular, detectamos um esforço invejável no Centro Recife, que vem incrementando significativamente a atividade ATC. Sua segunda posição no Top 10 de Posições ATC de fevereiro corrobora a constatação. À FIR Recife, nossos sinceros parabéns! Continuem assim.

Nossa Terminal Rio ficou em sexto lugar, com pouco mais de 24 horas de serviço. Nada mal, uma vez que foi a segunda TMA no ranking, atrás somente da TMA São Paulo.

Visando a incrementar o movimento, não penas na TMA-RJ, mas também na Divisão Brasil da VATSIM, vamos envidar esforços para intensificar os serviços ATC pelo Projeto Rio 50º, estabelecendo uma competição sadia, não apenas com o Centro Recife, mas com todas as demais iniciativas, em grupo ou pessoais, no tempo de controle.

O propósito não é o de "roubar" tráfegos, mas sim o de oferecer aos comandantes opções de espaços aéreos controlados simultâneos, provendo-lhes alternativas, um estímulo aos que curtem voos ATC.

Nossa meta, nos próximos meses, é a de subir no Top 10 da VATBRZ, enfatizando o agendamento de serviços em nossos site.

Aguardamos todos os comandantes na "TMA da Cidade Maravilhosa".


Operações   28/02/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de Sector Files do EuroScope para o AIRAC 1903

O pacote de sector files do EuroScope, elaborados pela VATBRZ, atualizados pelo SectorGraph e adaptados para as especificidades de setorização praticadas pelo R50, foi atualizado para o ciclo AIRAC 1903, publicado hoje, dia 28/02/2019

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site.


Operações   02/02/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de carta IAC de SBGL

Em 31/01/2019, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, atualização para a Carta de Aproximação por Instrumentos (IAC) ILS X OU / OR LOC X RWY 10, que atende ao aeródromo do Galeão.

As alterações referem-se à substituição do Fixo de Aproximação Inicial (IAF) NOA para o IAF ALMOS, a pequenas alterações na navegação e a um novo layout, importantes aos pilotos mas sem relevância ao serviço de Controle de Tráfego Aéreo.

A nova cartas pode ser baixada da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Operações   02/02/2019 - por Alan Zeidan

Sector Files do EuroScope disponíveis para download no site

A Equipe do Projeto Rio50º, em articulação com o staff da VATBRZ, elaborou uma adaptação dos sector files do EuroScope elaborados por esta Divisão para as TMA SP e RJ, contemplando especificidades de setorização praticadas pelo R50 bem como limitando as listas de SID e STAR aos aeródromos de interesse da TMA-RJ, o que agiliza muito a seleção manual de procedimentos e sua apresentação na tela.

Paralelamente, nossa Equipe também obteve uma parceira com a Equipe do SectorGraph para disponibilizar atualizações destes sector files após a publicação de cada ciclo AIRAC.

Assim, a partir de agora, os controladores do Projeto Rio 50º terão à disposição sector files atualizados com os ciclos AIRAC em vigor.A cada atualização, será publicada uma informação na página principal do site.

O pacote R50-3.zip, que contém todos os sector files de interesse bem como instruções para instalação ou atualização, está disponível na seção OPERAÇÕES > Recursos de Apoio do menu do site para download público, permitindo acesso não apenas aos controladores do R50 mas também a todos interessados em controlar na TMA-RJ.


Operações   08/01/2019 - por Alan Zeidan

Rotas preferenciais no AISWEB

Desde 03/01/2019, as Rotas Preferenciais passaram a ser divulgadas por meio de uma página específica no AISWEB.

Assim, as rotas preferenciais e alternativas podem ser consultadas pelo menu Espaço Aéreo > Rotas Preferenciais do site AISWEB


Operações   08/01/2019 - por Alan Zeidan

Atualização de cartas IAC de SBGL

Em 03/01/2019 o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, atualização para duas Cartas de Aproximação por Instrumentos (IAC) que atendem ao aeródromo do Galeão:

  • ILS T OU / OR LOC T RWY 10
  • VOR Y RWY 15

As alterações referem-se a pequenos ajustes de precisão na navegação e a um novo layout, relevantes aos pilotos e sem relevância ao serviço de Controle de Tráfego Aéreo.

As novas cartas podem ser baixadas da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Operações   15/12/2018 - por Alan Zeidan

Novas cartas para SBGL e SBRJ

Em 12/10/2018, 08/11/2018 e 06/12/2018, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, novas cartas aéreas para os aeroportos Galeão e Santos Dumont, correspondentes às respectivas atualizações dos ciclos 1811, 1812 e 1813 do AIRAC.


1. Alterações para a "Casa do Maestro" (SBGL)

  • SID EVRAD 1B RWY 10/15, incluindo suas transições (exceto ENSOD), substituída pela SID EVRAD 2B RWY 10 e SID EVRAD 2C RWY 15, com as mesmas transições (exceto ENSOD).
    • A Transição ENSOD foi cancelada e as saídas por ela prestadas passam a ser atendidas pela SID PCX 1B.
  • SID IH 2A RWY 15, incluindo suas transições, substituída pela SID EVKOX 1A RWY 15, com as mesmas transições.
  • SID ISRIN 1A RWY 15 e PUMSO 1A RWY 15, incluindo suas transições, substituídas pela SID PUMSO 2A RWY 15, com transições IMBAP, UKENU, TISVA e SINAG.
  • SID LIXEP 1A RWY 28/33 substituída pelas SID ALMOS 1A RWY 28 Transição SIDUR e SID ALMOS 1B RWY 33 Transição SIDUR.
  • SID NIBGU 1A RWY 28/33, incluindo suas transições, substituída pelas SID ALMOS 1A RWY 28 e SID ALMOS 1B RWY 33, com as mesmas transições.
  • STAR EPGIP 1A RWY 15, incluindo suas transições, substituída pela STAR EPGIP 2A RWY 15, com as mesmas transições.
  • STAR EPGIP 1A RWY 28/33, incluindo suas transições, substituída pela STAR EPGIP 3A RWY 28/33, com as mesmas transições.
  • STAR GIGSO 1A RWY 10/15 e TODAB 1A RWY 10/15, incluindo suas transições, substituídas pela STAR UTBOM 1A, com as mesmas transições.
  • STAR IVTAL 1A e STAR IVTAL 1B RWY 33, incluindo suas transições, substituídas pelas STAR IVTAL 2A e STAR IVTAL 2B RWY 33, com as mesmas transições.
  • STAR ESORU 1A RWY 10 substituída pela STAR VISRA 1A RWY 10 Transição ESORU.
  • STAR ROPAS 1A RWY 10, incluindo suas transições, substituída pela STAR VISRA 1A RWY 10, com as mesmas transições.
  • STAR VAKUB 1A RWY 28/33, incluindo suas transições, substituída pela STAR VAKUB 2A RWY 28/33, com as mesmas transições.
    • A Transição OGMUK foi cancelada.
  • IAC RNAV (GNSS) Y RWY 15 substituída pela IAC RNAV (GNSS) Z RWY 15.
  • Incluída nova IAC: RNAV (GNSS) U RWY 14, adaptada para a RWY 15.


2. Alterações para o "Pioneiro" (SBRJ)

  • SID EVSOB 1C RWY 02R/20L, incluindo suas transições, substituída pela SID EVSOB 1F RWY 02R/20L, com as mesmas transições.
  • STAR EVRIR 1A e STAR POPSU 1A RWY 02/20 canceladas.
  • STAR TODOP 1 RWY 02/20, incluindo suas transições, substituída pela STAR TODOP 2A RWY 02/20, com as mesmas transições.
  • STAR UGRAD 1A RWY 02/20, incluindo suas transições, substituída pela STAR UGRAD 2A RWY 02/20, com as mesmas transições.
  • STAR UGRAD 1C RWY 02/20, incluindo suas transições, substituída pela STAR UGRAD 2C RWY 02/20, com as mesmas transições.


A Folha de Bolso Online da TMA-RJ, disponível no site do R50, já está atualizada para as alterações apresentadas pelas cartas supracitadas.

As novas cartas podem ser baixadas da seção CARTAS > Aeródromos/TMA do site AISWEB.


Evento   02/09/2018 - por Renan Agondi

Rio Extended - 48H

O Rio 50° está a todo vapor! Estamos voltando a origem para novamente convidar os pilotos e controladores para o nosso SEGUNDO evento RIO EXTENDED, dessa vez operando por 48h seguidas entre o dia 07/09/2018 ás 21h local até as 21h local do dia 09/09/2018.

Este grandioso desafio terá a participação dos controladores da Terminal Rio:

  • Bruno Veiga
  • Nathan Cruz
  • Renan Agondi


Operações   21/08/2018 - por Alan Zeidan

Novas cartas SID para SBRJ

Em 16/08/2018, na atualização do ciclo 1809 do AIRAC, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, três novas cartas SID para o Santos Dumont.

As cartas EVSOB 1A, EVSOB 1B e EVSOB 1C são exclusivamente para aeronaves com especificação RNP. No mundo real, o emprego destes procedimentos padronizados de saída por instrumentos depende de autorização especial tanto, para a aeronave como para a tripulação. Em face das restrições inerentes ao ambiente virtual, tais requisitos são desconsiderados. Contudo, relembra-se que as SID da série EVSOB só devem ser aplicadas a aeronaves com especificação RNP e com visibilidade horizontal mínima de 800 metros, conforme consta nos "Remarks" (RMK) das respectivas cartas.

A Folha de Bolso Online da TMA-RJ, disponível no site do R50, já está atualizada para as alterações apresentadas pelas cartas supracitadas.

As cartas SID EVSOB 1A, 1B e 1C podem ser baixadas da seção CARTAS do site AISWEB.


Evento   15/08/2018 - por Alan Zeidan

Battle Between Airlines

No mês de setembro, a Divisão Brasil da VATSIM (VATBRZ) conduzirá um grande evento na TMA carioca.

Classificado pela VATBRZ como o maior evento envolvendo Virtual Airlines na VATSIM, o Battle Between Airlines (BBA) evoca uma competição sadia entre as VA que se cadastrarem, atribuindo pontos a cada partida ou chegada em um dos três principais aeródromos de nossa jurisdição: a "Casa do Maestro" (SBGL), o "Pioneiro" (SBRJ) ou "Jacaré" (SBJR).

Para se tornar elegível a participar, cada VA deverá inscrever pelo menos 30% de seu respectivo efetivo, devendo registrar, junto à arbitragem da VATBRZ para o evento, os planos de voo VFR ou IFR.

A essência da pontuação reside na PONTUALIDADE. Cada voo registrado receberá um "slot" (janela) de horário para partida ou chegada, conforme o caso, recebendo mais pontos quanto mais próximo do slot o piloto conseguir decolar ou pousar.

Em contribuição ao sucesso do evento, que prestigia nossa TMA, com uma logomarca que faz alusão ao Projeto Rio 50º, a TMA deverá ser guarnecida em modo FULL ATC.

O BBA será realizado no dia 01 de setembro de 2018 (sábado), no período de 1300Z a 1800Z (10h00 a 15h00, Horário Oficial de Brasília).

Mais informações podem ser obtidas no site oficial do evento: http://bbario50.multisite.vatsim.net.br/

Assim que a Equipe do Rio 50º receber as orientações da Equipe VATBRZ sobre o BBA, os controladores ativos do nosso Projeto serão convidados para uma Reunião de Coordenação, em data ainda a ser definida.


Notícia   10/08/2018 - por Alan Zeidan

Novo líder no TOP 3 do Ranking

Agosto começa com uma boa novidade.

Silvio Pereira (CID 1098158) alcançou a liderança do ranking! Com um Índice de Desempenho de 26.52 e Nível de Confiança de agendamentos da ordem de 76,47%, Silvio chegou pela primeira vez ao topo de nossa "ladder".

Com estatísticas invejáveis (mais de 50 serviços, quase 160 horas de controle e 184 tráfegos controlados até agora), disciplinado em seus serviços de rotina nas noites de terça e sempre colaborativo com os demais colegas, a conquista é mais do que justa e simboliza todos os valores que nosso Projeto Rio 50º cultua, o que é corroborado por seus Marcos conquistados!

Ao nosso querido Silvio Pereira, nossos sinceros parabéns e ensejos de continuada dedicação ao R50!


Operações   27/07/2018 - por Alan Zeidan

Novas cartas para SBGL e SBRJ

Em 19/07/2018, juntamente com a atualização do ciclo 1808 do AIRAC, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) disponibilizou, no site AISWEB, novas cartas aéreas para os aeroportos Galeão e Santos Dumont.

Para a "Casa do Maestro" (SBGL), uma nova Carta de Pátio, a PDC 1, que abrange os Pátios 1 e 2, correspondentes aos Terminais 1 e 2 respectivamente, e o Pátio 3, que corresponde ao Pier Sul. A principal melhoria refere-se às orientações para o táxi e estacionamento, nos APRONS 1 e 2, de aeronaves limitadas à envergadura (wingspan) de 36 metros bem como as rotas de táxi e pátio de estacionamento para aeronaves A380 e B747, restritas para o APRON 3 (Pier Sul). Para um maior realismo no controle, as informações mais importantes em relação às movimentações na área de manobras de SBGL são:

  1. Alocar os Pátios 2 e 3 exclusivamente para aeronaves com envergadura até 36 metros; e
  2. Para A380 e B747 que pousam:
    1. Alocar pontos de estacionamento no Pátio 3; e
    2. Não estabelecer rotas dentro dos Pátios 2 e 3.  O táxi deve ser roteado pela taxiway K diretamente do/para o Pátio 3.

Já para o "Pioneiro" (SBRJ), uma nova Carta de Aeródromo (ADC), onde as principais alterações são:

  1. a nova nomenclatura do Pátio III Militar, que passou a ser chamado de Pátio DECEA 1;
  2. a nova nomenclatura do Pátio COMAR, que passou a ser chamado de Pátio DECEA 2; e
  3. as observações ao final da página 2, que não afetam significativamente o controle.

A Folha de Bolso Online da TMA-RJ, disponível no site do R50, já está atualizado para as alterações apresentadas pelas cartas supracitadas.

A PDC 1 de SBGL e a ADC de SBRJ podem ser baixadas da seção CARTAS do site AISWEB.


Notícia   23/07/2018 - por Nathan Broetto

Uma história que completa 35 anos

T-27 Tucano é o avião de treinamento militar que, com as faixas amarelas contrastando com a cor branca, representa sem dúvida um dos primeiros desafios para os cadetes da Academia da Força Aérea (AFA). Uma inspiração pra muitos sonhadores e que agora foi emoldurado no documentário TUCANO35 que a estreia está prevista para o dia 29 de setembro de 2018.

A data de lançamento pela internet será o marco dos 35 anos deste avião que treinou e ligou diversas gerações de pilotos. Quando criado, a EMBRAER rompeu o marco dos aviões a jato e criou um turbo-hélice capaz de posicionar instrutor e aluno sentando um na frente do outro ao invés da configuração lado a lado com custos de operação abaixo do comum.

Para servir de referência ao meio virtual, a rede VATSIM Brasil, na qual somos parceiros, todas as quartas-feiras promove o treinamento online para futuros pilotos virtuais na Academia da Força Aérea – AFA (Pirassununga-SP), é só conectar.

Ficou curioso? saiba mais sobre os tucanos em www.tucano35.com.


Notícia   18/07/2018 - por Alan Zeidan

R50 implanta facilidade de treinamento

Em face de sua posição entre os grandes centros do país, dos contrastes radicais do relevo, da presença de dois dos maiores aeródromos brasileiros, da proximidade entre estes e do desafio que é pousar em Santos Dumont, a TMA-RJ é, provavelmente, a terminal mais desafiadora para realizar um serviço de Controle de Tráfego Aéreo seguro e eficiente.

Diante da complexidade que envolve a TMA da "Capital Mundial do Samba", que extrapola o conhecimento básico para o serviço de Controle de Aproximação típico, a Equipe do Rio 50º tomou a iniciativa de desenvolver um processo de treinamento especificamente vocacionado às peculiaridades da TMA-RJ exclusivamente para os controladores integrantes do Projeto Rio 50º com rating S3 ou superior.

Para estruturar a facilidade, foi elaborado o Manual de Instrução da TMA-RJ (R50-2), que apresenta os procedimentos a serem adotados por ocasião da execução de instrução de controladores para a prestação de serviço ATC na posição de Controle de Aproximação Rio de Janeiro (SBWJ_APP), com a finalidade de padronizar e de maximizar a qualidade dos serviços ATC prestados pelos controladores virtuais partícipes do Projeto Rio 50º.

O R50-2 está disponível para download, bastando clicar em OPERAÇÕES > RECURSOS DE APOIO do menu do site.

Esta facilidade não pressupõe a obrigatoriedade de prestação de serviço de treinamento a todos os controladores do R50. A decisão por realizá-la é discricionária da Equipe Rio 50º, que escolherá os candidatos a partir da dedicação de cada um ao Projeto e de acordo com a disponibilidade de controladores experientes para oferecer o treinamento.


Notícia   16/07/2018 - por Alan Zeidan

Boas vindas a Antonio Junior (1347956)

Temos a grata satisfação de anunciar o ingresso de mais um controlador em nosso grupo.

No último dia 14 de julho, recebemos a inscrição de Antonio Junior, CID 1347956, rating S2, que, inclusive, já efetuou um agendamento para amanhã, terça, dia 17/07, de 13h às 15h, na Torre Jacaré (SBJR_TWR), demonstrando sua vontade de participar ativamente das atividades do R50.

Ao Antonio, nossas boas vindas e ensejos de muitos serviços e de muita diversão na "TMA da Capital Mundial do Samba".

Bons controles e seja bem-vindo, Antonio.


Operações   13/07/2018 - por Alan Zeidan

Novas Cartas e alterações em aerovias

Desde 21/06/2018, algumas novidades importantes encontram-se em vigor, com alguns reflexos para a TMA-RJ.

Primeiramente, as aerovias. No espaço aéreo inferior carioca, a aerovia W2 deixou de existir, dando lugar à aerovia Z32, que também está alinhada com a Z10, ambas cruzando o Tubulão, além da nova W54, que une o VOR ADA ao NDB SAT.

Quanto às cartas aeronáuticas, foram publicados um novo rol completo de cartas ENRC bem como a ARC SBWJ e a PDC de SBGL, esta última corrigindo as nomenclaturas das taxiways.

As alterações coincidem com a atualização do AIRAC, Ciclo 1806, de forma que os equipamentos RNAV das aeronaves já devem estar atualizados.

Por fim, com estas alterações, a Folha de Bolso em PDF, descontinuada após a ativação da Folha de Bolso Online, está oficialmente desativada e será retirada do site para evitar seu emprego desatualizado.

Um outro detalhe importante é que, com a importação de rotas preferenciais a partir do portal do CGNA, várias outras rotas preferenciais e alternativas foram incorporadas à FB Online. Como exemplo, de SBRJ para SBSP, quando antes a preferencial era somente pela UZ44 via UMBAD, agora há também a UZ45 via NAXOP. Há também aerovias alternativas  (símbolo ALT ao lado da rota) e foram incluídos também rotas de vários Planos de Voo Repetitivos (símbolo REPET ao lado da rota), ampliando a malha de rotas que antes era possível abranger com a Folha de Bolso antiga.

Todas as novas cartas estão disponíveis para download no site AISWEB, mantido pelo DECEA.


Notícia   08/07/2018 - por Alan Zeidan

Folha de Bolso Online

O que era bom ficou ainda melhor!

Nossa Folha de Bolso ganhou uma versão online! Em vez de se deparar com todas as informações condensadas em uma única tela, o controlador conta agora com a facilidade de selecionar as informações de que efetivamente precisa a cada momento.

Toda a Folha de Bolso da TMA-RJ foi importada para o site do R50 e dinamizada em painéis, de forma que o usuário pode consultar pontualmente uma SID, uma STAR ou as REA, por exemplo.

Seu emprego é intuitivo. Na coluna da esquerda, são apresentadas informações de altimetria, pistas, dados ILS e informações úteis ao voo VFR.

A seção central, por sua vez, dedica-se a voos IFR, permitindo consultar SIDs, STARs, IACs, rotas para o táxi e rotas de voo para outros destinos a partir de SBRJ e de SBGL.

Finalmente, a coluna da direita apresenta alguns links para materiais de apoio ao controle.

Aproveitando o ensejo desta modernização, todos os dados foram revisados e a FB Online encontra-se atualizada para o ciclo AIRAC 1807, em vigor desde 21/06/2018.

Para acessar a FB Online, o controlador integrante do Projeto Rio 50º deve se logar no nosso site e clicar no botão FOLHA DE BOLSA ONLINE, disponível no painel de login.

Com a entrada da FB Online, a Folha de Bolso original em PDF continuará disponível para download, mas não será atualizada. Sua desativação será efetuada quando novos procedimentos forem publicados nas publicações aeronáuticas oficiais.

Recomendamos aos nossos controladores que migrem o mais breve possível para a FB Online, não apenas por ser mais eficiente para a filtragem de informações, mas também por estar atualizada com as últimas alterações operativas.


Notícia   25/06/2018 - por Alan Zeidan

RIO 50º completa 3 anos!

No dia 15 de junho, nosso Projeto Rio 50º completou 3 anos de existência.

Relembrando suas origens, o R50 é fruto do amadurecimento de uma iniciativa de 2014, então carinhosamente alcunhada de "Projeto Rio 450!", em homenagem ao aniversário da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, sede da TMA em que atuamos, que, na ocasião, completara 450 anos de criação.

Em 2015, o Projeto ganhou força e se consolidou. O emblemático número 450 já não era mais temático e urgia uma denominação definitiva...

Assim, surgiu o nome Projeto Rio 50º, uma alusão ao famoso e eterno calor carioca, que simboliza também a expectativa de um grande movimento de tráfegos aquecendo a tela radar dos controladores.

Hoje, em seu terceiro ciclo, o Projeto já conta com uma estrutura mais consistente e útil, oferecendo:

  • um manual operacional, que descreve em detalhes a TMA-RJ e os procedimentos ATC
  • uma Folha de Bolso que reúne, de forma harmônica, diversas informações essenciais ao serviço; 
  • uma rotina quase diária de serviços, mantendo a Terminal online durante as noites de segunda, terça e sexta e manhãs de domingo;
  • um sistema de agendamento de serviços, que permite aos controladores do Projeto divulgar antecipadamente as janelas de serviço ATC, o que permite aos pilotos da VATSIM se planejarem para usufruir do voo ATC;
  • um sistema de ranking, que prestigia os controladores integrantes do Projeto; e
  • uma política de reconhecimento do desempenho e da participação dos controladores, com marcos sinalizando suas conquistas; e
  • Cadernetas Virtuais de Controle, onde os controladores podem acompanhar suas estatísticas.

E, como presente de aniversário, o R50 ganhou um novo layout para seu site, mais elegante e mais responsivo a diferentes dispositivos. Administrativamente, sua evolução passou a ser fundamentada em um Plano Estratégico, a ser atualizado bianualmente, contendo ações e metas a serem alcançadas, uma das quais prevendo a confecção deste novo layout.

Enfim, foram três anos de trabalho, que não para por aqui. A cada tijolo concretado, novas ideias e desafios se descortinam na perseguição ininterrupta de crescimento sustentável, tendo sempre, como farol, nossos valores de respeito, amizade, seriedade e simplicidade.

Parabéns, RIO 50º! Muitos anos de vida!


Administração   25/06/2018 - por Alan Zeidan

Avatares para usuários

Dentre as novidades trazidas pelo novo layout do site, as Cadernetas Virtuais de Controle (CVC) agora contam com um espaço para inserir uma foto do controlador.

A foto será empregada como um avatar, identificando visualmente o usuário e humanizando mais nosso ambiente.

Sempre que a foto de um controlador não estiver disponível, o espaço será ocupado pela imagem genérica representativa ao lado.

 Os controladores em atividade e que desejarem ter sua foto constando em suas respectivas CVC devem enviar sua foto para faleconosco@rio50.net.br. Preencher o campo assunto com a palavra "Foto" seguida de seu Nome de cadastro no R50 e de seu CID na VATSIM, como no exemplo abaixo:

Campo Assunto do e-mail: Foto John Doe (1234567)

A foto deve ser de peito para cima, ter tamanho máximo de 300px x 300px e conter apenas o controlador.


Administração   25/06/2018 - por Alan Zeidan

Publicado o R50-NOTAC 2018-02

Em 25/06/2018, foi publicado o R50-NOTAC 2018-02, segundo deste ano.

O Notice to Air Controllers do Projeto Rio 50º (R50-NOTAC) é uma publicação periódica destinada à divulgação de informações, atuando como uma newsletter de domínio público que registra a história e as perspectivas de amplo espectro do Projeto.

Pelo NOTAC podem ser veiculados anúncios de eventos, atualizações do Plano Estratégico e quaisquer outros assuntos significativos ocorridos no período.

O R50-NOTAC 2018-02 aborda os seguintes temas:

  1. Novo layout para o site;
  2. Pesquisa Nº 1 de 2018;
  3. Rotina semanal;
  4. Atualização do Plano Estratégico 2018-2019.

O último NOTAC encontra-se sempre disponível para download no painel ÚLTIMO NOTAC da página principal do site.


Administração   25/06/2018 - por Alan Zeidan

Iniciada a execução do Plano Estratégico

O novo layout do site deu partida oficial ao cumprimento do Plano Estratégico - Biênio 2018-2019.

As ações desencadeadas até o presente representam 21% do previsto. Foram tomadas iniciativas nos quatro desafios propostos pelo Plano:
  • DESAFIO 1: Melhorar a comunicação interna
  • DESAFIO 2: Melhorar a comunicação externa
  • DESAFIO 3: Incrementar a disponibilidade de serviço ATC na TMA-RJ da VATSIM
  • DESAFIO 4: Ampliar o nível de satisfação dos controladores do R50

Detalhes sobre o Plano Estratégico 2018-2019 bem como sobre seu cumprimento estão descritos no último NOTAC, disponível para download no painel ÚLTIMO  NOTAC da página principal.


ATC ONLINE AGORA

Nenhum controlador online no momento.

SERVIÇOS AGENDADOS
  • 07/08
    SEX
  • 08/08
    SAB
  • 09/08
    DOM
  • 10/08
    SEG
  • 11/08
    TER
  • SBWJ_APP
    Alan Zeidan
    21h - 23h
EVENTOS

www.vatsim.net.br Ponte RJ-SP: Todas as sextas, de 21h a 23h

 

RECOMENDAMOS

www.jo.eng Excelente escola de voo e controle virtuais

 

www.aisweb.aer.mil.br Fonte essencial de recursos ao serviço ATC

 

www.vatsim.net.br Rede de simulação de tráfego aéreo virtual onde atuamos

 

SectorGraph Entidade que atualiza Sector Files para o EuroScope